Início>Cuidados com a saúde, Prevenção, Qualidade de Vida>Pressão alta: valores de referências para crianças, adultos e idosos

Pressão alta: valores de referências para crianças, adultos e idosos

O controle da pressão arterial é algo que precisa ser visto com muita seriedade. Afinal, a hipertensão é uma doença crônica que age em silêncio e afeta  pessoas de todas as idades e condições sociais. 

Mas na hora de controlar a pressão muita gente fica em dúvida sobre quais seriam os valores de referência para a pressão alta de adultos, idosos e crianças.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você entenda de uma vez por todas quais são os valores considerados normais. Prossiga com a leitura e confira.

O controle da pressão arterial

São múltiplas as causas da pressão alta, entre elas:

  • obesidade; 
  • genética; 
  • sedentarismo;  
  • estresse; 
  • influência do meio ambiente;
  • tipo de alimentação.

Porém, independente da causa e embora não tenha cura, ela pode e deve ser controlada de forma que a pessoa consiga levar uma vida perfeitamente normal e se veja livre de problemas que a pressão, quando elevada, pode desencadear. 

Para controlar a pressão arterial, é importante medi-la com frequência e com um aparelho adequado. No entanto, para que esse controle seja feito de forma eficaz é preciso saber quais são os valores considerados “normais” seja para adultos, idosos ou crianças. 

Pois bem, vejamos cada um deles a seguir.

Pressão alta: valores de referência para adultos 

Os níveis de pressão arterial para adultos são divididos da seguinte forma:

  • Pressão arterial normal: pacientes com pressão sistólica menor que 120 mmHg e pressão diastólica menor que 80 mmHg.
  • Pré-hipertensão: pacientes com pressão sistólica entre 120 e 129 mmHg ou pressão diastólica menor que 80 mmHg.
  • Hipertensão estágio 1: pacientes com pressão sistólica entre 130 e 139 mmHg ou pressão diastólica entre 80 e 89 mmHg.
  • Hipertensão estágio 2: pacientes com pressão sistólica acima de 140 mmHg ou pressão diastólica acima de 90 mmHg.
  • Crise hipertensiva: pacientes com pressão sistólica acima de 180 mmHg ou pressão diastólica acima de 110 mmHg. 

Esses valores acima são usados para classificar a hipertensão. No entanto, o uso de medicamentos só é recomendado quando: 

  • Adolescentes e adultos: a pressão arterial ultrapassar 140/90 mmHg.
  • Adultos que tenham diabetes e/ou doença renal crônica: a pressão arterial ultrapassar 130/80 mmHg. 

Valores normais da pressão arterial para idosos

Geralmente, a pressão arterial aumenta com a idade. Por essa razão, que, em idosos, a hipertensão só é considerada quando o valor ultrapassa os 150 x 90 mmHg.

Dessa forma, temos: 

  • Pressão arterial normal: até 120 x 80 mmHg
  • Pré-hipertensão: idoso 120 x 80 mmHg a 138 x 89 mmHg, idoso com diabetes 120 x 80 mmHg a 149 x 89 mmHg
  • Hipertensão: idoso a partir de 140 x 90 mmHg e idoso com diabetes a partir de 150 x 90 mmHg.

Valores normais de pressão arterial: crianças

A definição de hipertensão nas crianças é mais complexa, pois depende do percentil de altura em que ela se encontra. 

Por exemplo, uma criança de 5 anos que esteja no percentil 10 de altura é considerada hipertensa se tiver valores acima de 109 x 70 mmHg. Já uma criança, também de 5 anos, mas no percentil 90 de altura precisa ter valores acima de 115 x /74 mmHg para ser diagnosticada com hipertensão.

Assim, existem tabelas com os valores de pressão arterial aceitáveis de acordo com a idade e com os percentis 5, 10, 25, 50, 75, 90 e 95 de altura. São dezenas de valores e por isso, é impossível saber de cor. 

O pediatra, depois de medir a pressão da criança, deve definir em que percentil de altura ela se encontra e, consultando a tabela, interpretar os resultados da pressão arterial.

Atenção! A elevação da pressão arterial na infância representa fator de risco para que o problema se manifeste na vida adulta e, filhos de pais hipertensos devem redobrar os cuidados com a prevenção desde cedo, porque pressão alta é uma doença hereditária.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira nosso artigo Como fazer controle da pressão arterial? Aprenda aqui!

Deixar Um Comentário