Tipos de câncer: saiba quais são os mais comuns

| |

O câncer é uma doença que atinge mundialmente a saúde pública. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), os tipos de câncer mais frequentes no mundo são: câncer de pulmão, câncer de mama e o câncer de próstata.

Apesar disso, a doença pode surgir em qualquer parte do corpo. Mas, alguns órgãos podem ser mais afetados do que outros. Portanto, os tumores que atingem esses locais são diferentes e podem ser mais ou menos agressivos.

Nesse sentido, fatores como envelhecimento da população, mudanças de hábitos, como também, os fatores socioeconômicos contribuem para o aumento no número de pessoas que possuem câncer no mundo.

Mais de 7 milhões de pessoas sofrem com algum desses tipos da doença. Portanto, torna-se indispensável saber um pouco mais sobre os tipos de câncer mais comuns entre a população.

Câncer de pulmão

Esse tipo da doença é a segunda mais frequente no Brasil, além de ser a primeira mais frequente no mundo desde 1985.

Fatores de risco

Apesar da diminuição gradativa nos números de casos, devido a mudança de hábitos da população com relação ao cigarro, esse continua sendo o principal fator para o desenvolvimento de câncer de pulmão. Mas não é o único responsável, existem diversos outros, são eles:

  • fumantes passivos (Pessoas que não fumam, mas que inalam a fumaça do cigarro);
  • exposição a poluição do ar;
  • infecções ou doenças pulmonares;
  • casos na família ou fatores genéticos.

Prevenção

Para prevenir a doença é preciso não fumar, evitar ambiente poluídos e o contato com agentes químicos. Nesse sentido, outro ponto importante é ficar atento aos sinais da doença, como tosse seca, escarro com sangue, rouquidão, entre outros.

Diagnóstico

Os primeiros exames feitos para realizar o diagnóstico do câncer de pulmão são o raio-x e a tomografia, outro exame importante é a endoscopia respiratória que permite a realização da biópsia. Em seguida, após a confirmação da doença é feito a avaliação de seu estágio e evolução

Tratamento

Os tratamentos para o câncer de pulmão podem incluir cirurgias, quimioterapia, radio terapia e terapia-alvo. Além de existir a necessidade de uma equipe multidisciplinar no atendimento ao paciente.

Câncer de mama

Somente no ano de 2021 o câncer de mama foi responsável por 66 mil novos casos. Esse é um dos tipos de câncer que atinge em sua maioria as mulheres, mas os homens fazem parte de 1% dessa estimativa.

Fatores de risco

Um dos principais fatores de risco da doença é o a idade, quatro a cada cinco casos acontece entre pessoas com mais de 50 anos. Mas, fatores ambientais, comportamentais, reprodutivos, hormonais e hereditários também contribuem para o aumento de risco do câncer de mama.

Fatores ambientais e comportamentais:

  • obesidade e sobrepeso;
  • sedentarismo;
  • consumo de bebida alcóolica;
  • exposição frequente a radiação.

Fatores reprodutivos e hormonais:

  • ter tido a primeira menstruação antes dos 12 anos;
  • não ter filhos ou ter filhos depois dos 30 anos;
  • entrar na menopausa após os 55 anos;
  • ter feito o uso de contraceptivos hormonais ou reposição hormonal pós-menopausa.

Fatores hereditários e genéticos:

  • histórico familiar de câncer de ovário;
  • histórico familiar de câncer de mama;
  • alteração nos genes BRCA1 e BRCA2.

Prevenção

Há indicações de que cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados através da prática de atividades físicas, mantendo o peso corporal ideal, evitando o consumo de álcool, não fumando e evitando o tabagismo passivo.

Diagnóstico

O câncer de mama pode ser descoberto ainda em sua fase inicial, para isso é importante ficar atento aos sinais e sintomas do corpo, são eles: apresentação de nódulos nas axilas, saídas de líquidos anormais dos mamilos, pele da mama avermelhada, entre outros. Dessa forma, o diagnóstico é feito através dos exames clínicos e de imagem.

Tratamento

O tratamento pode ser local através de cirurgia e radioterapia, ou sistêmico, através da hormonioterapia, terapia biológica ou quimioterapia.

Câncer de próstata

A próstata é uma glândula localizada logo abaixo da bexiga e só o homem têm. Nesse sentido, ao contrário do câncer de mama que atinge em maior número as mulheres, mas que uma pequena parcela de homens pode ter, o câncer de próstata só atinge homens.

Fatores de risco

O câncer de próstata além de todos os outros tipos de câncer, é considerado predominantemente um câncer da terceira idade. Isso porque, 75% dos casos são entre homes acima de 65 anos. Portanto, outros fatores que também influenciam o desenvolvimento da doença são:

  • pai ou irmão que tiveram câncer de próstata depois dos 60 anos;
  • níveis elevados de gordura corporal;
  • exposições químicas.

Prevenção

Essa é uma doença silenciosa, mas que pode ser notada a partir de pequenos sinais que o corpo dá, como quando acontece alguma dificuldade de urinar ou a necessidade de urinar muitas vezes.  Assim como em outros casos, praticar atividades físicas e manter uma alimentação saudável, ajudam na prevenir o desenvolvimento do câncer.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito através de exames clínicos, endoscópicos, radiológicos e laboratoriais. Outro exame bem conhecido é o exame de toque, que só é feito quando há a suspeita de alguma inflamação ou doença.

Tratamento

Quando a doença ainda não se espalhou para outros órgãos, o tratamento pode ser feio através de cirurgia ou radioterapia. Em casos em que a doença se encontra mais avançada o tratamento hormonal também é indicado.

Gostou desse artigo? No blog Maconequi, falamos sobre saúde, bem estar, dieta, nutrição e muito mais, confira nosso outros artigos clicando aqui.

Anterior

O que fazer quando alguém tem uma crise de epilepsia?

O que é síndrome de asperger e como identificá-la

Próximo

2 comentários em “Tipos de câncer: saiba quais são os mais comuns”

Deixe um comentário