Quando falamos de seringa de insulina, algumas dúvidas podem surgir. As mais comuns são quanto vale 1 mL na seringa de insulina e qual é a seringa de 0,5 mL.

Essas dúvidas são as que mais surgem porque essa seringa é medida em unidades internacionais (UI) ou (U) e, por isso, pode causar certa confusão.

Hoje vamos explicar melhor quais são essas diferenças e orientá-lo para fazer uma aplicação com a quantidade correta.

Tamanhos e medidas da seringa de insulina

As seringas próprias para insulina podem ser encontradas em 3 tamanhos diferentes: 30, 50 e 100 UI.

As seringas de 100 UI são graduadas de 2 em 2 unidades, ou seja, cada traço (linha) corresponde a 2 unidades.

Isso significa que cada traço da seringa de 100 UI equivale a duas doses (2 UI) de insulina. Os outros tamanhos seguem o mesmo raciocínio.

As seringas de 50 UI são graduadas de 1 em 1 unidade, sendo assim, cada traço equivale a uma dose (1 UI) de insulina. 

Agora, já as seringas de 30 UI podem ser encontradas de duas medidas diferentes:

  1. Graduadas de 1 em 1 unidade (assim como a de 50 UI); ou
  2. Graduadas de 0,5 em 0,5 (meia) unidade.

Sendo assim já podemos responder uma das perguntas do começo deste artigo em relação ao valor UI equivalente a 1 mL.

O cálculo é simples: 1 unidade internacional é igual a 0,01 mL. Sendo assim, a seringa de 100 UI tem 1 mL, a seringa de 50 UI tem 0,5 mL e a seringa de 30 UI tem 0,3 mL.

O que já responde a outra pergunta: a seringa da 0,5 mL é a seringa de 50 UI. Em caso de maiores dúvidas, é claro, consulte o seu médico.

Comprimento e tipo das agulhas

Outro ponto importante que também deve ser observado nas seringas de insulina são as agulhas. Além do comprimento, observe também se a agulha é fixa ou não.

A agulha fixa geralmente são as mais indicadas. Isso porque as agulhas removíveis possuem um espaço entre o canhão e o bico de encaixe que retém até 10 UI de insulina.

Isso pode gerar três problemas: o desperdício do medicamento, a impossibilidade de misturar dois tipos de insulina na mesma seringa e consequências para a saúde a longo prazo.

seringa de insulina com resíduo de insulina

Imagem (1): bd.com

Sabendo que a agulha fixa é a melhor opção (imagem acima), observe agora o comprimento dessa agulha. As fixas costumam se apresentar com 12,7 mm, 8 mm e 6 mm, tendo capacidade para os 3  tipos de seringas que falamos anteriormente.

Veja também: Para que serve cada tipo de agulha e seringa

Por que o tamanho da seringa e o comprimento da agulha são importantes?

O tamanho da seringa vai influenciar na praticidade em medir a dose certa da insulina. Se essas doses forem menor que 50 UI, não há necessidade de comprar uma seringa de 100 UI.

As seringas de 50 e 30 UI possuem medidas que facilitam o registro de doses pares e ímpares com mais precisão, por serem de 1 em 1 UI ou até mesmo de 0,5 em 0,5 UI.

Já o comprimento da agulha é importante porque, ao inserir na pele, a agulha deve ultrapassar a espessura da pele, mas não pode atingir os músculos. 

Sendo assim, uma pessoa magra pode utilizar uma agulha de 4, 5 ou 6 mm. Deixando as agulhas maiores para quem tem sobrepeso.

Cuidados com a seringa e aplicação de insulina

Na hora de aplicar a insulina, existem alguns cuidados que você precisa tomar e prestar atenção. Vamos contá-los agora.

  • Antes da aplicação, lave bem as mãos com água e sabonete e seque-as em seguida.
  • Limpe com algodão e álcool 70% a região da aplicação e a tampa do frasco de insulina.
  • Atente-se aos traços de marcação da seringa para não inserir dosagens a mais.

Esse último tópico se refere à marcação zero. Na hora de injetar a insulina na pele, verifique onde o zero está demarcado na seringa. Acompanhe a imagem:

O zero é a primeira linha da seringa (como mostra a imagem acima). Nunca empurre o êmbolo até ultrapassar essa linha. Esse final contém dosagens extras que podem trazer consequências com o passar do tempo. 

Na imagem (1) em que vimos uma seringa de agulha fixa, essas dosagens extras ficam presas em um espaço residual próprio para armazenar essas dosagens.

No caso dessa segunda imagem (2), a seringa é de agulha removível e possui um espaço entre a linha zero e o bico de encaixe. É aí que você precisa se atentar para não ultrapassar o êmbolo.

Lembrando que este post tem o objetivo apenas de levar informações. Caso precise utilizar insulina em seu tratamento para diabetes, tire todas as dúvidas com o seu médico.