Início>Cuidados com a saúde>Qualidade de Vida>Quem pode e quem não pode fazer a cirurgia bariátrica

Quem pode e quem não pode fazer a cirurgia bariátrica

Por |2020-05-26T10:13:16-03:0026/05/2020|Cuidados com a saúde, Qualidade de Vida|0 Comentários

Perder peso pode ser muito mais que uma questão de estética. Pode significar qualidade de vida e saúde. Dessa forma, em um país onde os índices de obesidade não param de crescer, a cirurgia bariátrica vem se tornando cada vez mais comum.

Sim, não há dúvidas de que se trata de uma solução radical, do último recurso para combater a obesidade. Mas não deve ser vista de modo isolado, é apenas parte de um processo que envolve mudança de hábitos, como reeducação alimentar e prática frequente de atividade física. 

Mas será que qualquer pessoa pode fazer uma cirurgia bariátrica? É essa pergunta que vamos responder neste texto. Acompanhe e saiba também as vantagens do procedimento.

Boa leitura!

Os benefícios da cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica pode ser definida como um conjunto de técnicas usadas para diminuir o tamanho do estômago e, assim, reduzir o peso do paciente. Afinal, muitas pessoas não conseguem obter um resultado satisfatório apenas com exercícios e dieta, e a cirurgia bariátrica se mostra como uma ótima opção para o tratamento de pessoas com o índice de massa corporal (IMC) alto.

Seus benefícios vão muito além de uma perda significativa de peso. Ela também traz benefícios para o tratamento e controle das doenças associadas à obesidade, tais como: 

  • hipertensão arterial;
  • insuficiência cardíaca;
  • insuficiência respiratória;
  • asma;
  • diabetes;
  • colesterol alto.

No mais, esse tipo de procedimento cirúrgico está associado a vantagens sociais e psicológicas, como por exemplo:

  • diminuição do risco de depressão;
  • aumento da autoestima;
  • melhora na interação social;
  • aumento  da mobilidade física.

Com tudo isso, o paciente apresenta diminuição do risco de mortalidade, aumento da longevidade e melhoria na qualidade de vida.

Para quem a cirurgia bariátrica é indicada

Estão aptos a fazer a cirurgia bariátrica, de acordo com os critérios do Ministério da Saúde do Brasil, pacientes com IMC:

  1. acima de 40 kg/m² , independentemente da presença de comorbidades; 
  2. entre 35 e 40 kg/m² na presença de comorbidades; 
  3. entre 30 e 35 kg/m² na presença de comorbidades que tenham obrigatoriamente a classificação “grave” por um médico especialista na respectiva área da doença.

A idade também é um fator que deve ser levado em consideração. Pacientes entre 18 e 65 anos não têm restrição. Quando acima de 65 anos, o paciente deverá passar por uma avaliação individual mais rigorosa.

Já em pacientes com menos de 16 anos, os especialistas recomendam que o procedimento cirúrgico seja consentido pela família ou responsável legal e que esses devem  acompanhar o paciente durante todo o período de recuperação.

Outra questão que deve ser levantada antes da cirurgia é se o paciente já tenha tentado emagrecer sem sucesso por dois anos, em média, com acompanhamento médico, dietas, exercícios físicos e uso de medicamentos.

De qualquer forma, como toda cirurgia, antes de uma bariátrica, o paciente deve passar por uma avaliação médica com uma equipe multidisciplinar formada por um cirurgião, um nutricionista, um psicólogo, um cardiologista e outras especialidades médicas.

Para quem a cirurgia bariátrica não é indicada

Segundo o Ministério da Saúde, a cirurgia bariátrica não é indicada para aqueles pacientes que: 

  • apresentam um transtorno psiquiátrico não controlado, incluindo o uso de drogas e bebidas alcoólicas; 
  • sofram de compulsão alimentar; 
  • tenham uma doença cardíaca ou pulmonar grave e descompensada; 
  • sofram com hipertensão portal com varizes esofágicas; 
  • tenham doenças inflamatórias do trato digestivo alto;
  • sofram de síndrome de Cushing por câncer.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a cirurgia bariátrica, confira nosso artigo sobre a importância da fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica com o uso de exercitador respiratório e também sobre quanto tempo tem que ficar de repouso depois da cirurgia bariátrica.

Deixar Um Comentário