Você sabe quando a pressão arterial é considerada alta?

| |

A pressão arterial é a pressão que o sangue faz dentro dos vasos sanguíneos cuja força vem dos batimentos cardíacos. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, a pressão arterial é considerada alta entre os adultos quando está acima de 13 por 9.  Antes, a pressão alta só era considerada quando os valores estavam acima de 14 por 9. 

A intenção ao modificar esses dados é conseguir detectar o problema mais cedo e, assim, ter uma chance maior de controlar a doença. Confira os dados de acordo com a 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial:

  • normal: sistólica entre 105 e 120 mmHg e diastólica entre 60 e 80 mmHg;
  • pré-hipertensão (limítrofe): sistólica entre 121 e 139 mmHg e diastólica menor  entre 81 e 89 mmHg;
  • hipertensão, estágio I (Leve): sistólica entre 140 e 159 mmHg ou diastólica entre 90 e 99;
  • hipertensão, estágio II (Moderada): sistólica entre 160 e 179 mmHg ou diastólica entre 100 e 109 mmHg; e
  • hipertensão, estágio III (Grave): sistólica maior que 180 mmHg e/ou diastólica maior que 110 mmHg.

Pressão arterial em grávidas e crianças

A pressão arterial em grávidas segue os mesmos critérios dos adultos em geral, porém, há diferença em relação aos tipos de hipertensão. Elas podem ser:

  • hipertensão crônica: quando a mulher já tinha pressão alta antes de ficar grávida e continua tendo durante e depois da gestação;
  • hipertensão gestacional: quando a pressão alta aparece apenas depois da 20ª semana de gravidez em mulheres que nunca tiveram pressão alta antes;
  • pré-eclâmpsia: quando a pressão alta surge após a 20ª semana de gravidez, associado à perda de proteínas na urina (proteinúria). Lembrando que a pré-eclâmpsia se cura após o parto; e
  • pré-eclâmpsia superposta à hipertensão crônica: quando a pré-eclâmpsia ocorre em mulheres que já eram hipertensas antes da gravidez. 

Já em crianças, essa medição é mais complexa. Para saber se a pressão arterial está normal, é preciso saber o percentil de altura da criança. 

Saiba mais: Valores de referência para crianças, adultos e idosos

Vou explicar como isso funciona: cada criança tem o seu ritmo de crescimento, por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) disponibiliza uma tabela que relaciona a altura e a idade, que variam de acordo com o sexo da criança, a partir de amostras populacionais. Se uma menina tem o percentil de altura 25, quer dizer que 25% das meninas daquela idade tem aquela altura. Todos esses dados influenciam na hora de definir como está a pressão arterial, então o ideal é fazer a medição e consultar essa tabela.

Como é feita a medição da pressão? 

A pressão arterial é medida em milímetros (mm) ou centímetros (cm) de mercúrio (Hg), por meio de aparelhos como o esfigmomanômetro (ou tensiômetro). O que esse aparelho faz é medir a pressão que o sangue exerce durante o bombeamento do coração.. O número maior que aparece na tela do medidor de pressão é chamado de sistólico, ele se refere à força do bombeamento do coração, e o número menor que aparece é chamado de diastólico, que se refere à pressão dos vasos sanguíneos.

Como citamos no começo desse artigo, os valores de referência indicam que a pressão é considerada normal quando ela está entre 105 por 60 e 120 por 80. Porém, existem alguns cuidados que devem ser tomados para fazer uma aferição precisa e também algumas variações dependendo do paciente. Por exemplo, as recomendações para antes da aferição são:

  • não fumar nem consumir bebidas alcoólicas pelo menos 30 minutos antes;
  • não praticar atividade física até uma hora antes;
  • procurar esvaziar a bexiga e repousar por cinco a dez minutos antes.

Cuidados ao aferir a pressão

No momento da aferição também é preciso seguir alguns passos para os valores serem precisos. O ideal é sentar-se em uma cadeira com a coluna ereta, colocar a braçadeira no braço esquerdo, sem folgas, de dois a três dedos acima da articulação do cotovelo (ou no punho, caso seu medidor de pressão seja de punho). Confira o vídeo a seguir:

O que fazer quando a pressão está alta? 

Para ter um controle da pressão alta, é recomendada a prática de exercícios físicos e, claro, manter uma alimentação saudável. Os alimentos diuréticos são ricos em potássio e ajudam a regular e reduzir a pressão alta. Por isso, separamos uma lista de alimentos que você pode acrescentar na sua dieta e outros que você deve evitar para melhorar esse quadro:

Pode:

  • agrião;
  • beterraba;
  • salsão;
  • pimentão;
  • tomate;
  • abóbora;
  • cebola;
  • espinafre;
  • espargo;
  • vinagre;
  • pimenta;
  • ervas;
  • alho;
  • pepino;
  • salsinha;
  • aipo;
  • alho;
  • maçã;
  • kiwi;
  • limão;
  • abacaxi;
  • laranja;
  • melancia;
  • maracujá;
  • morango;
  • banana;
  • melão;
  • água de coco;
  • leites e derivados desnatados; e
  • chás de alecrim, arenária e erva doce.

Não pode:

  • enlatados;
  • embutidos;
  • mortadela;
  • presunto;
  • pickles;
  • azeitona;
  • ervilha em conserva;
  • comida pronta;
  • caldo de carne;
  • temperos prontos;
  • refrigerantes;
  • álcool;
  • sucos de caixinha;
  • ketchup;
  • mostarda;
  • molho shoyo; e
  • caldo de galinha.

 Você sabia que o açúcar é tão vilão quanto o sal?

Que o sal é o inimigo da pressão alta não é novidade, mas você sabia que o consumo do açúcar em excesso também é prejudicial? Não somente pelo fato de contribuir com o aumento de peso, mas também porque aumenta a concentração de ácido úrico no organismo, alterando o revestimento interno das artérias, o que causa a pressão alta.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcus Bolívar Malachias, o excesso do açúcar também cria uma resistência do organismo à insulina, um processo que causa o envelhecimento das artérias que também contribui para o quadro da doença. 

A hipertensão costuma surgir de forma silenciosa e por isso é preciso estar sempre monitorando a pressão arterial. O recomendado é que uma pessoa saudável procure saber os valores de sua pressão arterial ao menos uma vez por ano. Já pessoas que já são hipertensas devem realizar o monitoramento com uma recorrência maior. Em alguns casos, as medições precisam ser semanais e, até mesmo, diárias. Nesses casos, é altamente recomendado possuir um aparelho próprio para efetuar as aferições. 

Caso tenha interesse em conhecer alguns modelos, conheça a nossa loja de aparelhos de pressão. Trabalhamos com as melhores marcas e aparelhos confiáveis. Confira!

Anterior

Tudo o que você precisa saber sobre como tirar leite materno

Academia: Conheça os sintomas e o tratamento das lesões mais comuns

Próximo

12 comentários em “Você sabe quando a pressão arterial é considerada alta?”

  1. Tive presao alta depois de 3 dias após minha cesaria sendo q nunca tive poblema de presao.de dia ela fica normal só sob a noite estou tomando mediltopa de 250 de 8 em 8 mais ela tá subindo assim mesmo chega a 16/8 oq fazer hoje estou com 2 meses q tive meu BB

    Responder
    • Olá, Cristiane!

      Você pode voltar no médico que te receitou esse remédio e relatar o ocorrido. Ele irá te ajudar melhor pois tem mais detalhes do seu quadro.

      Espero que fique tudo bem!

      Responder
    • Boa noite!
      Recomendo voltar ao médico cardiologista e insistir num exame mais apurado.
      Fiquei hipertensa após 4 meses q a minha filha nasceu.
      Hj faço uso de remédios para controlar.
      Espero q seja crises de ansiedades.
      Boa sorte!

      Responder
    • Oi Cristiane é agora sua pressão normalizou eu tbm depois que tive meu bebê começou me dá pressão alta nunca tive é fiquei hipertensa tomo remédios é agora descobri que estou grávida de novo agora tô com medo pq tou com a pressão alta meu médico me deu pra tomar medildopa tbm vamos ver espero que controle pois estou com muito medo nessa gravidez com pressão alta

      Responder
      • Oi Fernanda então fui no cardiologista ele me tirou o mediltopa é reseitou a pasiflora minha presao as vezes fica 13/8 estou fazendo um teste depois volto pra te contar obs:já tem 4 dias q não tomo remédio

        Responder
  2. Boa noite doutor! a minha pressão arterial no normal ela fica 10×7 pul 89 más tem como que ela está 9×8 pul 78 más quando o tempo está frio ela chega há 13×8 pul 63 e normal isso acontecer doutor desde agradeço

    Responder
    • Olá, Adriano! Tudo bem?

      Eu não sou médica, eu estudo algumas áreas da saúde a partir dos produtos que vendemos na Maconequi e procuramos auxiliar as pessoas com o nosso conhecimento adquirido em treinamentos.

      Nesse caso, sugiro que procure um médico. Provavelmente você precisará monitorar sua pressão para ser avaliado e entender o que pode estar acontecendo.

      Espero que fique bem!

      Responder
    • Olá, Elisabeth!

      Para saber se 15×3 é normal para você ou não será necessário um monitoramento da sua pressão arterial. Procure uma clínica para solicitar esse teste. Passe por um médico para saber se está tudo bem com você, ok?

      Abraços!

      Responder
  3. Minha pressão tá todo dia 14×9 ou 13×10 coloco aquele aparelho de medir no braço e todo dia tá dando esse valor

    Responder
    • Olá, Júlio!

      Se você está preocupado, procure um médico e faça um mapeamento da sua pressão arterial. Assim você vai descobrir se sua pressão normal é 14×9/13×10 mesmo ou se você está , de fato, com a pressão alta.

      Cuide-se!

      Responder

Deixe um comentário