Início>Cuidados com a saúde>Produtos para Saúde>Qual o melhor massageador? 3 dicas para não errar!

Qual o melhor massageador? 3 dicas para não errar!

Por |2019-12-23T09:42:44-03:0018/12/2018|Cuidados com a saúde, Produtos para Saúde|0 Comentários

Com a rotina cada vez mais puxada e desgastante, somos submetidos a situações estressantes e tensas a todo o tempo. Como resultado, eventualmente podem surgir dores e desconfortos musculares, sobretudo na região das costas, ombros e pescoço.

Uma solução bastante prática, e bem mais barata do que frequentar um massagista semanalmente, é investir em massageadores de boa qualidade. São aparelhos manuais ou elétricos, que ajudam muito no tratamento contra esses incômodos.

Dentre a grande variedade de tipos de massageadores que existem no mercado, talvez você precise de ajuda para escolher o que mais se adeque às suas necessidades. Leia esse post até o final e confira 3 dicas para te ajudar a descobrir qual a melhor opção.

1. Elétrico ou manual: veja qual o melhor massageador para o seu caso

De fato, há inúmeros modelos disponíveis no mercado, em variados formatos e intensidades. Antes de escolher o seu, é importante pensar se você prefere massageadores elétricos ou massageadores manuais. O primeiro é aquele movido a eletricidade ou bateria. Geralmente, eles realizam movimentos circulares, vibração, pulsão ou um combinado entre os três, em diversas intensidades.

Massageadores elétricos não exigem praticamente nenhum esforço de quem está realizando a atividade. Você simplesmente coloca o aparelho na região a ser tratada e deixa que ele realize o trabalho. Não se esqueça de prestar atenção à voltagem, pois alguns modelos são bivolt, outros, não.

No caso dos modelos manuais, entretanto, é necessário que o usuário ou outra pessoa realize os movimentos necessários para que haja o efeito de relaxamento desejado. É comum encontrar peças e formatos diferentes. Por exemplo, um tipo de carrinho cheio de rodinhas e bolinhas. Entre as principais vantagens deste modelos, estão:

  • geralmente são bastante baratos;
  • é possível controlar a força e a velocidade dos movimentos;
  • não é necessário se preocupar se o massageador está carregado ou se existe uma tomada por perto.

2. Entenda qual o melhor tamanho para o seu aparelho

Existem equipamentos de todos os tamanhos, desde os pequenos e portáteis aos colchões e cadeiras massageadoras. O que vai definir qual a melhor massageador para você é exatamente seu estilo de vida e o local em que as dores o afligem.

No caso de pessoas que passam muito tempo na rua e têm dores localizadas, como nos ombros e pescoço, pode ser interessante investir em um massageador portátil. Nesse caso, você pode levá-lo na bolsa e utilizá-lo no intervalo do trabalho ou enquanto espera o sinal de trânsito abrir.

Caso você prefira relaxar em casa depois de um longo dia e receber um tratamento mais intenso e completo, vale apostar em um aparelho maior e com mais funções. O mercado oferece cadeiras, poltronas e colchões vibrantes, que são maiores e mais completos. Mas também é possível adquirir aparelhos um pouco menores, como almofadas massageadoras e utensílios específicos para o pescoço, ombros e pés.

3. Saiba qual a função mais adequada para o seu caso

Dentre as inúmeras opções de aparelhos massageadores, destacam-se aqueles que vibram, pulsam ou fazem movimentos mecânicos para “amassar” os músculos. A função de vibrar e pulsar é capaz de relaxá-los, melhorar a circulação sanguínea e atenuar a fadiga muscular. Aqueles com perfil mais mecânico são capazes de ajudar a desfazer pontos de tensão e melhorar dores em regiões particulares.

Há ainda modelos hidromassageadores, que utilizam água juntamente com outros recursos muito bem-vindos a quem deseja ter um tratamento relaxante e digno de um spa. Em geral, esses modelos trabalham os principais pontos de tensão dos pés e oferecem a função de aquecer a água, borbulhar e massagear. São bastante indicados para quem sofre de varizes e problemas de circulação.

Apesar de todos esses fatores que devem ser levados em conta na hora de escolher qual o melhor massageador, é fundamental que você se guie, principalmente, pelas suas necessidades e estilo de vida. Não adianta comprar um aparelho grande e supermoderno se você não fica quase nunca em casa, por exemplo. Há ainda modelos específicos para tratamentos estéticos e cirúrgicos.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato com a Maconequi! Nós teremos um grade prazer em ajudá-lo a escolher o melhor modelo de massageador para o seu caso.

Deixar Um Comentário