Início>Cuidados com a saúde, Prevenção, Qualidade de Vida>Entenda melhor os principais sintomas do diabetes

Entenda melhor os principais sintomas do diabetes

Não existem dúvidas de que, quanto mais cedo o diabetes for tratado, menores serão seus efeitos colaterais no organismo. Por isso, é muito importante ficar atento aos sintomas da doença. 

Pensando nisso, elaboramos este artigo para que você entenda os principais sintomas do diabetes e assim, procure um médico na hora certa. 

Confira e boa leitura!

Os principais sintomas do diabetes

1. Problemas de visão

Visão embaçada, perda de nitidez, dores nos olhos, perda da visão noturna, visão dupla ou qualquer outra mudança repentina na visão podem ser sintomas de diabetes.

Isso acontece porque tanto o diabetes, com suas altas taxas de açúcar na corrente sanguínea, como a pressão alta são fatores de risco para que a retinopatia, o glaucoma e a catarata se desenvolvam com mais facilidade.

A retinopatia, por exemplo, que pode levar à cegueira ou descolamento da retina, acontece principalmente naquelas pessoas com diabetes que passaram vários anos não tratando direito da sua saúde. 

Já a catarata é semelhante a um embaçamento da lente ocular, o que impede a luz de chegar corretamente ao fundo dos olhos e faz com que a visão fique embaçada. E o glaucoma é caracterizado por danos ao nervo óptico.

Por isso, ao apresentar qualquer incômodo na visão, procure seu oftalmologista e confira sua glicemia. 

2. Alterações no funcionamento dos rins

Se você apresenta os sintomas abaixo, pode ser sinal de que está com diabetes: 

  • aumento da quantidade de urina;
  • urina mais escura
  • inchaço dos membros inferiores (tornozelos, pés e pernas) e das mãos;
  • falta de ar ao realizar atividades corriqueiras;
  • cansaço;
  • náusea; e 
  • vômitos.

Isso ocorre porque pacientes diabéticos estão mais propensos a serem hipertensos, e esse aumento da pressão arterial pode comprometer seriamente o funcionamento dos rins,  podendo mesmo chegar a falência total do órgão. 

E atenção: cerca de 40% dos diabéticos terão algum problema em seus rins, por isso, todo cuidado é pouco. 

3. Alterações no sistema nervoso

O sistema nervoso dos diabéticos sofre com a glicemia elevada que danifica os vasos sanguíneos que nutrem os nervos, e, como consequência, os próprios nervos são afetados (neuropatia diabética).

Por isso, são sintomas comuns de diabetes:

  • falta de sensibilidade, ou formigamento, nas mãos e pés;
  • suor excessivo;
  • sensação de queimadura em alguma região do corpo;
  • dores fortes, espasmódicas, em certas regiões; e
  • falta de estímulo nos órgãos sexuais.

Os danos nos nervos são, geralmente, observados primeiro nas extremidades do corpo, como pés e mãos. Por isso, diabéticos devem ter os pés cuidadosamente examinados uma vez por ano para que se verifique a existência de problemas de circulação e nos nervos.

4. Problemas digestivos

Falta de apetite, dificuldade de ir ao banheiro e má digestão podem também ser sintomas do diabetes. Afinal, quando não tratado, ele pode vir a danificar nervos e vasos sanguíneos do  trato digestivo, levando a náuseas, constipação ou até mesmo diarreia. 

Durante o tratamento do diabetes tipo 2, esses sintomas podem ainda persistir por conta dos efeitos colaterais da medicação, porém, com o tempo, a tendência é que eles desapareçam

5. Alterações na pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, complexo, e que precisa de constante nutrição pelos vasos sanguíneos, que também levam até ela as células de defesa do organismo.

Porém, como o diabetes causa danos nos vasos sanguíneos, a pele também pode ser prejudicada e nesses casos, os sintomas mais comuns são: 

  • pele mais seca que o normal;
  • pele menos vistosa;
  • infecções de fungos e bactérias tornam-se mais comuns;
  • demora na cicatrização de machucados e queimaduras;  e
  • falta de sensibilidade na pele de alguns membros, como os pés.

É preciso ficar atento ao diabetes

Agora que você já conhece e entende os principais sintomas, é bom ter em mente que o diabetes pode não apresentar sintomas tão claros e ir ganhando terreno de forma silenciosa. 

Por isso, se você possui um ou mais fatores de riscos é imprescindível visitar regularmente seu médico e realizar exames de rotina.  

Entre os fatores de riscos para o diabetes podemos mencionar: 

  • idade acima dos 45 anos;
  • ter parentes com diabetes;
  • estar acima do peso e possuir acúmulo de gordura no abdômen;
  • não praticar praticar atividades físicas;
  • apresentar hipertensão arterial; 
  • possuir alterações das gorduras no sangue, ou seja, níveis baixos de colesterol HDL e/ou triglicérides elevados; e
  • se mulher, ter tido diabetes durante a gravidez ou ter sido diagnosticada com Síndrome do Ovário Policístico (SOP).

Se gostou deste artigo e deseja saber mais sobre cuidados com a saúde, continue acompanhando nosso blog. Temos sempre novidades que podem te ajudar a viver mais e melhor. Caso tenha interesse em conhecer mais sobre produtos para diabetes, conheça a nossa loja!

Deixar Um Comentário