Início>Meia de Compressão>Pode dormir com a meia de compressão? Descubra aqui!

Pode dormir com a meia de compressão? Descubra aqui!

Por |2020-05-25T11:08:43-03:0030/05/2019|Meia de Compressão|0 Comentários

Quem precisa usar esse tipo de meia, seja para amenizar os incômodos da perna, para prevenir problemas circulatórios ou na recuperação de uma cirurgia, se pergunta se pode dormir com a meia de compressão. A resposta é: vai depender do seu caso. Quando a pessoa está deitada, a compressão da meia pode causar o efeito contrário e atrapalhar o fluxo sanguíneo, por isso, na maioria das vezes, o uso da meia para dormir não é permitido.

As meias de compressão são divididas em classes: suave compressão, média compressão, alta compressão e muito alta compressão. Cada uma delas é indicada para um problema específico. Normalmente, os casos em que a pessoa pode dormir com esse tipo de meia são os de trombose e após alguns procedimentos cirúrgicos, mesmo assim, apenas usando as meias de suave compressão.

É importante lembrar que o recomendado para quem precisa usar meias é permanecer com ela durante todo o tempo, exceto, justamente, na hora do sono, por isso só deve utilizar a meia de compressão na hora de dormir quando for uma orientação médica, jamais faça isso por conta própria.

Por que não pode dormir com a meia de compressão?

A força da gravidade é a grande vilã para os problemas circulatórios quando estamos em pé. Já quando estamos deitados essa força não atua da mesma maneira e o sangue consegue circular por todo o corpo sem maiores dificuldade. Portanto, a meia torna-se totalmente dispensável nestes casos.

E mais: sua função de compressão pode causar o efeito contrário e impedir que o sangue chegue às pernas da maneira adequada.

Entenda como funcionam as meias de compressão

A restrição quanto a dormir usando o produto tem a ver com seu funcionamento. As meias de compressão buscam auxiliar a circulação sanguínea das pernas. A compressão da meia atua empurrando para cima o sangue que desce para os membros inferiores. É comum que parte desse sangue tenha dificuldade de retornar ao coração e se mova muito lentamente por alguns vasos sanguíneos (são as famosas varizes).

Veja aqui: Meia de compressão para varizes: elas ajudam mesmo?

Essa obstrução acontece por conta da força da gravidade que, ao mesmo tempo em que ajuda o sangue a descer para as pernas, dificulta quando ele tenta subir. É por isso que as meias são tão indicadas para quem fica muitas horas em pé ou sentado, como seguranças, vendedores e quase todos que cumprem expediente dentro de um escritório.

Exceções em que as meias são recomendadas para dormir

Apesar da recomendação geral ser de não usar as meias de compressão na hora do sono, alguns médicos, eventualmente, podem indicar esse tratamento. E eles acontecerão em dois casos principais: no pós-cirúrgico, para evitar a trombose, e em casos em que a pessoa já tem trombose e precisa ficar muito tempo deitada.

Temos um texto que fala especificamente sobre o uso de meia de compressão no pós-operatório.

A trombose surge da coagulação do sangue em determinado ponto do sistema venoso das pernas. Pessoas que acabaram de passar por cirurgias — principalmente nos membros inferiores — correm maior risco de formar esses coágulos. As meias de compressão ajudam tanto a evitar quanto a tratar esses coágulos.

Não durma de meia de compressão se seu médico não recomendar

Embora agora você saiba que em alguns casos é recomendado dormir com as meias de compressão, faça isso apenas sob recomendação médica. As meias de compressão são muito importantes para tratar e evitar problemas de circulação. Mas se forem usadas da maneira errada, podem prejudicar a saúde das suas pernas.

Deixar Um Comentário