Início>Cuidados com a saúde, Formação, Prevenção, Profissionais da Saúde, Terceira Idade>Descubra como identificar sinais de perda de coordenação motora

Descubra como identificar sinais de perda de coordenação motora

A ataxia é representada pela perda de coordenação motora. Esse problema neurológico normalmente resulta de danos no cerebelo — quando é chamada de cerebelar —, mas também pode ser hereditário ou estar associado a infecções, abuso de álcool ou drogas, intoxicação por metais pesados e outras causas.

O diagnóstico precoce é importante para reduzir os sintomas e garantir mais qualidade de vida ao paciente. Em alguns casos, a ataxia é reversível, mas na maioria das vezes a condição é permanente e degenerativa. Isso quer dizer que compromete progressivamente as funções vitais do indivíduo.

Para ajudar você a saber como esse problema começa a dar seus primeiros sinais, preparamos este artigo. Acompanhe!

Principais sintomas da perda de coordenação motora

Os sintomas podem afetar os membros, a fala ou o movimento dos olhos. Veja alguns dos principais sinais da perda de coordenação motora.

Caminhada instável

As alterações da marcha são comuns em quem apresenta ataxia. Padrões anormais ao andar, tendência para tropeçar e quedas frequentes são sinais que devem ser observados com suspeita. Eles precisam de atenção especial se vierem acompanhados de outros sintomas.

Na fase inicial do problema, o indivíduo costuma apresentar essas alterações somente quando tenta realizar atividades mais complicadas, como correr ou subir degraus. Também é comum a propensão a manter as pernas mais afastadas do que o normal ao andar.

Alterações na fala

O paciente pode apresentar explosões de fala, isto é, flutuações críticas de volume, às vezes em uma mesma frase. Algumas palavras podem soar incompreensíveis e pequenas hesitações antes de sílabas também começam a aparecer.

Isso ocorre porque os músculos que comandam a fala passam por um processo de disartria e ficam enfraquecidos. O indivíduo consegue ler ou escrever normalmente e articula as frases corretamente em seu pensamento, mas, no momento de pronunciar, a musculatura não obedece com eficácia aos comandos cerebrais.

Dificuldade em executar tarefas básicas

Quem sofre de perda de coordenação motora também começa a ter dificuldade em executar tarefas básicas. Escrever, levar o garfo à boca, alcançar objetos próximos: todas essas ações simples podem se tornar difíceis devido a movimentos involuntários dos membros e tremores.

Da mesma forma, manter braços, pernas e até mesmo o tronco parado por alguns instantes se torna mais complicado. Uma pessoa com ataxia pode não conseguir ficar de pé por muito tempo sem balançar para um dos lados ou cair, devido à dificuldade de manter as costas retas.

Oscilações repetidas nos olhos

Outro sintoma comum e que merece atenção é o nistagmo — oscilações involuntárias e repetidas em um ou nos dois olhos. Esses movimentos normalmente ocorrem durante as chamadas posições de mirada: quando a pessoa tenta focar em um objeto ou em uma direção.

Os olhos realizam um movimento lento para um dos lados da cabeça e, em seguida, repetidas oscilações rápidas para a direção oposta. Esse sinal, associado à perda de equilíbrio, pode levar a vertigens, tonturas e náuseas.

A presença e a evolução desses sintomas de perda de coordenação motora precisam ser identificados para que seja feito o devido controle deles. Por exemplo, pessoas com ataxia diagnosticada não devem manusear instrumentos cortantes e, a depender do grau, precisam do auxílio de bengalas ou andadores.

Você já conhecia os sinais desse transtorno neurológico? Deixe seu comentário!

3 Comments

  1. Cristiane 18/05/2020 em 19:57- Responder

    À uns 10 anos atrás eu perdi a coordenação da mão só para escrever. Na época eu estudava e escrevia normal, saí de férias quando voltei das férias já não escrevia mais e até hoje.
    É só para escrever, o resto faço de boa normal.
    O que pode ser?

    • Maconequi 19/05/2020 em 09:50- Responder

      Oi, Cristiane. Tudo bem?
      No seu caso, recomendamos que consulte um médico pois só ele poderá fazer uma avaliação profunda e descobrir a causa da sua perda de coordenação na mão.
      Espero ter ajudado.
      Abraços!

    • Fernando Facioni 21/05/2020 em 20:17- Responder

      Olá Cristiane teve algum retorno?
      Pergunto pois estou passando pelo mesmo problema.

Deixar Um Comentário