Descubra como identificar sinais de perda de coordenação motora

| | ,

A ataxia é representada pela perda de coordenação motora. Esse problema neurológico normalmente resulta de danos no cerebelo — quando é chamada de cerebelar —, mas também pode ser hereditário ou estar associado a infecções, abuso de álcool ou drogas, intoxicação por metais pesados e outras causas.

O diagnóstico precoce é importante para reduzir os sintomas e garantir mais qualidade de vida ao paciente. Em alguns casos, a ataxia é reversível, mas na maioria das vezes a condição é permanente e degenerativa. Isso quer dizer que compromete progressivamente as funções vitais do indivíduo.

Para ajudar você a saber como esse problema começa a dar seus primeiros sinais, preparamos este artigo. Acompanhe!

Principais sintomas da perda de coordenação motora

Os sintomas podem afetar os membros, a fala ou o movimento dos olhos. Veja alguns dos principais sinais da perda de coordenação motora.

Caminhada instável

As alterações da marcha são comuns em quem apresenta ataxia. Padrões anormais ao andar, tendência para tropeçar e quedas frequentes são sinais que devem ser observados com suspeita. Eles precisam de atenção especial se vierem acompanhados de outros sintomas.

Na fase inicial do problema, o indivíduo costuma apresentar essas alterações somente quando tenta realizar atividades mais complicadas, como correr ou subir degraus. Também é comum a propensão a manter as pernas mais afastadas do que o normal ao andar.

Alterações na fala

O paciente pode apresentar explosões de fala, isto é, flutuações críticas de volume, às vezes em uma mesma frase. Algumas palavras podem soar incompreensíveis e pequenas hesitações antes de sílabas também começam a aparecer.

Isso ocorre porque os músculos que comandam a fala passam por um processo de disartria e ficam enfraquecidos. O indivíduo consegue ler ou escrever normalmente e articula as frases corretamente em seu pensamento, mas, no momento de pronunciar, a musculatura não obedece com eficácia aos comandos cerebrais.

Dificuldade em executar tarefas básicas

Quem sofre de perda de coordenação motora também começa a ter dificuldade em executar tarefas básicas. Escrever, levar o garfo à boca, alcançar objetos próximos: todas essas ações simples podem se tornar difíceis devido a movimentos involuntários dos membros e tremores.

Da mesma forma, manter braços, pernas e até mesmo o tronco parado por alguns instantes se torna mais complicado. Uma pessoa com ataxia pode não conseguir ficar de pé por muito tempo sem balançar para um dos lados ou cair, devido à dificuldade de manter as costas retas.

Oscilações repetidas nos olhos

Outro sintoma comum e que merece atenção é o nistagmo — oscilações involuntárias e repetidas em um ou nos dois olhos. Esses movimentos normalmente ocorrem durante as chamadas posições de mirada: quando a pessoa tenta focar em um objeto ou em uma direção.

Os olhos realizam um movimento lento para um dos lados da cabeça e, em seguida, repetidas oscilações rápidas para a direção oposta. Esse sinal, associado à perda de equilíbrio, pode levar a vertigens, tonturas e náuseas.

A presença e a evolução desses sintomas de perda de coordenação motora precisam ser identificados para que seja feito o devido controle deles. Por exemplo, pessoas com ataxia diagnosticada não devem manusear instrumentos cortantes e, a depender do grau, precisam do auxílio de bengalas ou andadores.

Você já conhecia os sinais desse transtorno neurológico? Deixe seu comentário!

Anterior

4 cuidados que devemos ter quando estamos sozinhos com idosos

Você sabe qual aparelho ideal para medir pressão arterial?

Próximo

21 comentários em “Descubra como identificar sinais de perda de coordenação motora”

  1. À uns 10 anos atrás eu perdi a coordenação da mão só para escrever. Na época eu estudava e escrevia normal, saí de férias quando voltei das férias já não escrevia mais e até hoje.
    É só para escrever, o resto faço de boa normal.
    O que pode ser?

    Responder
    • Oi, Cristiane. Tudo bem?
      No seu caso, recomendamos que consulte um médico pois só ele poderá fazer uma avaliação profunda e descobrir a causa da sua perda de coordenação na mão.
      Espero ter ajudado.
      Abraços!

      Responder
    • Boa noite ..nunca ouvi falar nesse nome..passei mal esses dias e pelo que estou vendo e o meu diagnóstico..muito ruimagora estou aguasando uma ressonancia magnetica…gostaria de saber se for isso mesmo se tem tratamento….o meu sintomas começou com um pequeno entalho

      Responder
    • Olá…faz uns 13 anos que eu também não consigo mais escrever como antes, tenho muita fraqueza nos braços e mãos, e dor nos ouvidos. Ano passado fiz uma ressonância magnética da coluna cervical, e foi constatado que tenho um nódulo intradural e extramedular. O neurocirurgiao falou que preciso de cirurgia porque se o nódulo crescer demais perco todos is movimentos. Não fiz ainda porque estou esperando pelo sus. Espero ter ajudado vocês.

      Responder
    • Olá, Ericon. Tudo bem?
      Você já procurou um médico? É importante nesses casos fazer um acompanhamento!
      Espero ter ajudado.
      Abraços!

      Responder
      • Em 2019 eu estava super bem mas tive uma pressão psicológica que me fez querer ter mais corpo, devido a essa pressão, eu apliquei “bomba” depois de um tempo parei pq tive complicações na saúde, e com isso veio a perda da coordenação, já não conseguia segurar um copo sem tremer as mãos ou até mesmo tirar uma foto minha ( Minha mão tremia muito ) eu já parei faz muito tempo. Foi uma decepção e tanto! Eu era feliz e não sabia.

        Responder
  2. minhas mãos têm perdido a consistência ao escrever. notei isso no trabalho, quando precisei digitar um documento e minhas mãos não tinham pressão o suficiente para acionar o teclado e acabavam deslizando pelas teclas, o que me frustrou muito. noto também ao pintar com lápis de cor, o que é parte da minha terapia ocupacional, que minhas mãos andam enfraquecidas e um tanto trêmulas. é complicado para mim ter consistência ao tocar piano também, estou preocupado, mas não sei que tipo de médico procurar.

    Responder
  3. Olá bom dia…..

    A Cristiane descreveu meu problema, escrevia normal com a mão direita e na escola fui perdendo a coordenação que me fez ser ambidestro aprendi a escrever com a mão direita mas tenho dificuldades pq dói…..
    Na época achei que era frescura minha e meus pais também mas hj depois de 15 anos vejo que não é…. oq pode ser…..

    Responder
  4. Há 3 anos passei a ter perda de coordenação motora ao caminhar, comecei a tropeçar muito e ter a sensação que ia cair, constate desequilíbrio pra ficar de pé e paradaz não sei se o problema é relacionado à epilepsia.. Só queria dicas , qlqr coisa que pudesse me ajudar, tô tentando marcar neurologista

    Responder
    • Olá, Débora! Tudo bem?

      Acredito que seja melhor aguardar sua consulta com um profissional para que ele te passe as orientações corretas.

      Responder
  5. Eu tenho todos esses sintomas as vezes até piores como do tipo de sentar e não levantar sozinha. Já fiz vários exames e consultas em neurologista e até agora minha doença é desconhecida. Na maioria das vezes preciso de ajuda pra tudo até pra tomar banho. E cada dia piora por travo e não saio do lugar.

    Responder
  6. Ha três anos sofri acidente de trânsito e fraturei a segunda vertebra cervical e desde então não tenho mais equilíbrio corporal. Muitas vezes sinto caimbra no pescoço e quanto mais manuseio as mãos , mais minha cabeça paralisa e movimento o corpo com dificuldades. Desde o acidente , não consigo subir escada , e muitas vezes ao deitar tenho labirintite muito forte que preciso fechar os olhos ate passar a torneira . A ultima ressonância magnética que fiz , o medico disse que a vertebra esta tocando no sacro medular e Não aconselha cirurgia e que a tendência é piorar com a idade . Tô perdida.

    Responder
  7. Alguns anos eu senti uma dormência na minha mão direita é sentia que ela fazia movimentos que eu não estava querendo fazer mais não demorou muito voltou normal,esse mesmo sintoma apareceu alguns dias atrás mais dessa vez ele permaneceu por mais tempo eu senti todo meu corpo adormece é minha mão direita não obedecia aos comando.O que pode ter acontecido alguns anos e agora?

    Responder
    • Olá boa tarde Cacilda li o q vc disse sobte seu braço estou passando pelo mesmo q,vc depois vc descobriu o q tinha?

      Responder
  8. Em 1999 fiz uma cirurgia na coluna cervical, estava com tumor intramuscular. Me recuperei, porém fiquei com diminuição da força do braço direito e formigamento em todo o corpo. Não consigo correr e tenho que me cuidar para não cair. Tropeço fácilmenre. Perdi os movimentos leves. Isto pode ser enquadrado como deficiência para aposentadoria? E qual categoria? Leve, moderada ou alta? Sem falar que sinto muitas dores na coluna, braços e pernas.

    Responder

Deixe um comentário