A pedagogia hospitalar é repleta de desafios, tanto por parte do aluno quanto por parte do professor.

Devido às diversas complicações que podem ocorrer ao longo dos estudos, é preciso aprender algumas técnicas que o ajudarão a otimizar o processo de aprendizado de seu aluno.

Por isso, neste artigo, apresentaremos um conjunto de dicas que o ajudarão ao longo dessa trajetória da pedagogia hospitalar, sendo elas úteis por todos os anos que exercer a profissão.

Aproveite e boa leitura!

O que é pedagogia hospitalar

Tendo sido criado em 1987 no hospital A.C Camargo, o conceito de pedagogia hospitalar foi desenvolvido para que alunos pacientes impostos ao ambiente do hospital fossem capazes de ter acesso à educação de qualidade mesmo em suas condições.

Com o crescimento do mercado pedagogo nos últimos anos, áreas como Pedagogia Hospitalar ganharam mais visibilidade. Exigindo uma capacitação profissional de ponta de seus atuantes, ela garante espaço para muitas crianças no futuro.

Dicas para facilitar o aprendizado na educação hospitalar

Por conta de ser um setor bem delicado e diversos imprevistos, os profissionais atuantes precisam procurar por opções que otimizem suas aulas.

Aqui temos uma lista com dicas que irá lhe ajudar ao longo de sua carreira como um todo. Estas são:

Pense no espaço em longo prazo

Crie um ambiente descontraído e com muitos móveis coloridos, para crianças de faixa etárias diferentes. É preciso levar em consideração a higienização e preservação dos móveis.

Essa é uma medida necessária para que o aluno possa se sentir acolhido no local. Além disso, ele será capaz de descontrair e se manter relaxado, já que as cores contrastam com a do ambiente hospitalar. Inclusive, por conta disso, ela desejará ir até a sala e permanecer mais tempo nela.

Traga dinamismo para as aulas

Ainda que o ambiente seja feito para que se sintam melhores e animadas, é preciso mantê-las atentas a aula. Dinamismo é essencial na vida de um pedagogo hospitalar, e deve ser aplicado durante o período de estudo.

Em relação ao material, como lápis, régua e borracha, de prioridade para aqueles que chamam a atenção. Isso as ajudará a manter a concentração onde precisam.

Utilize da ludopedagogia

Este é um método baseado em jogos que auxiliam o processo de aprendizagem. A ludopegagia facilita na absorção do conhecimento e no interesse dos pequeninos nas aulas, já que ela quebra a rotina tediosa causada pelo ambiente em que passam a maior parte do tempo.

A pedagogia hospitalar no Brasil

Ainda que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional estabeleça regras para que a pedagogia hospitalar no Brasil possa ser realizada, o cenário ainda enfrenta diversos desafios dentro das instituições de saúde.

Por isso, para auxiliar os educadores, o Ministério da saúde conta com um documento chamado Classe Hospitalar e Atendimento Pedagógico Domiciliar: Estratégias e Orientações.

Nele constam importantes informações para que os professorem consigam conduzir suas aulas mesmo com seus alunos debilitados em camas de hospitais.  Estão disponíveis, no documento, práticas que ajudam o profissional a desenvolver sua prática pedagógica na perspectiva da educação inclusiva, atendendo a todas as crianças.

Por conta disso, menores de idade inclusos neste cenário não acabam ficando tão defasados em relação a aprendizado quanto aqueles que podem ir normalmente à escola. Claro que eles podem ter dificuldades, mas ainda serão capazes de assimilar o conhecimento e seguir junto a classe.

Os desafios da pedagogia hospitalar

Os desafios da pedagogia hospitalar, principalmente para o professor, são muitos, por conta da rotina que existe dentro do hospital.

O tempo disponível, neste caso, é mais escasso, e ainda pode ser interrompido em casos de complicações de saúde da parte da criança enquanto está no período de aula.

Assim, o aprendizado acaba comprometido, e pode não ser o suficiente para quando o quadro do pequenino melhorar e ele for capaz de frequentar uma escola normalmente.

Outro problema é o cenário como um todo. Os desafios da pedagogia hospitalar se estendem a níveis emocionais.

Ter de presenciar, todos os dias, os mais diversos casos dentro de um ambiente desse tipo não são nada fáceis. O que já é, muitas vezes, difícil para um profissional da saúde, pode trazer os nervos à tona para alguém que não estudou desejando estar naquele local.

Os pais e a pedagogia hospitalar

Existem diversas perguntas sobre pedagogia hospitalar, principalmente por parte dos país das crianças que estão internadas. Como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional não é do conhecimento comum, muitos ficam surpresos ao descobrirem que seus filhos terão aulas.

Cabe ao profissional explicar passo a passo de sua abordagem e como serão feitas as aulas ao longo do período de internação do pequenino.

É preciso esclarecer também que o ensino não será comprometido, mas, ao depender do tratamento da criança, ela poderá sim ter algumas dificuldades futuras, ainda que isso não seja o cenário ideal.

A pedagogia hospitalar muda vidas

Esse é um setor muito delicado de se trabalhar, mas que é capaz de mudar totalmente a vida de outro ser. Ser um pedagogo hospitalar conta com muitos desafios, mas também, grandes recompensas.

Você conhece outras dicas para pedagogia hospitalar? Compartilhe conosco nos comentários!