A nebulização é um procedimento que há muito tempo era utilizado somente em enfermarias e hospitais. É caracterizado como um método versátil e de rápida eficácia ao auxiliar doentes de formas diversas. No entanto, com o passar do tempo, vários modelos de nebulizadores chegaram ao mercado, permitindo que este tratamento fosse efetuado em casa.

Mas, afinal, para que serve a nebulização, como o processo funciona, para quais situações ele é indicado? A resposta para essas e outras perguntas você confere neste post. Confira!

Afinal, para que serve a nebulização?

A nebulização é um tipo de aerossolterapia, ou oxigenioterapia, procedimento que utiliza a inalação de vapores como via medicamentosa.

Tal método é amplamente indicado no tratamento de problemas respiratórios agudos e crônicos de diversas origens, incluindo asma, bronquites, sinusites, infecções e inflamações em geral. Também é atuante na administração de medicamentos broncodilatadores e na umidificação das vias aéreas, além de fluidificar secreções.

Desde que as recomendações médicas sejam devidamente seguidas, qualquer paciente pode se tratar por meio da nebulização, como crianças, idosos e até mesmo gestantes.

Como o procedimento funciona?

A nebulização funciona por meio de um equipamento conjunto, consistindo de uma máscara, mangueira, fluxômetro, frasco nebulizador e o próprio aparelho nebulizador.

Ao ser ligado em uma rede elétrica ou a uma bateria, o nebulizador transforma um medicamento líquido um gás contendo finas partículas suspensas. Esse processo permite que a substância seja absorvida por meio da respiração do paciente de maneira adequada.

Este aparelho pode ser de dois tipos diferentes: nebulizador compressor e nebulizador ultrassônico. Veja, a seguir, como distingui-los.

Nebulizador compressor

Primeiro modelo a ser lançado no mercado, o nebulizador compressor, como o próprio nome diz, utiliza o ar comprimido para transformar a substância líquida em gás. Para tanto, há uma bomba de ar com acionamento elétrico anexada a um nebulizador.

É característico por fazer um pouco mais de barulho que o outro tipo de nebulizador e é mais eficaz na administração de broncodilatadores.

Nebulizador ultrassônico

O nebulizador ultrassônico consiste em um modelo mais atualizado, e o seu funcionamento consiste na transformação de medicamentos líquidos em gasosos por meio de oscilações de um transdutor próprio, gerando partículas em suspensão por meio de vibrações mecânicas.

Esse tipo de aparelho não é tão barulhento quanto o nebulizador de ar comprimido, é recomendado na administração de corticoides. Vale lembrar que medicamentos, como antibióticos, anti-inflamatórios e mucolíticos, por exemplo, ambos os tipos de nebulizador são igualmente eficazes.

Qual é a sua importância no tratamento de doenças?

Comparando com tratamento via oral, a nebulização é um método muito mais rápido em termos de absortividade do organismo. O vapor é um meio que consegue atingir as vias respiratórias em uma velocidade maior. Os medicamentos normais precisam primeiro passar pelo trato digestivo para depois entrar na corrente sanguínea.

Esse fator é indiscutivelmente um diferencial no tratamento de doenças que necessitam de cuidados imediatos, como bronquite e asma, além de auxiliar muito na prevenção, cura e como tratar sinusites, inflamações, infecções e até mesmo de alergias no trato respiratório inferior.

No entanto, é importante frisar também que para a oxigenioterapia tenha efeito, é necessário o manuseio correto do procedimento. Deve-se seguir as recomendações determinadas pelo doutor e utilizando os equipamentos adequados para a situação.

No texto de hoje, você entendeu para que serve nebulização, sua importância, além de outras informações valiosíssimas sobre o assunto. Em caso de dúvidas, não deixe de consultar seu médico!

Gostou do nosso texto? Então, não deixe de conferir nossos produtos da linha pessoal para oxigenioterapia!