Início>Cuidados com a saúde>Prevenção>Outubro Rosa: a importância da prevenção do câncer de mama

Outubro Rosa: a importância da prevenção do câncer de mama

Por |2019-12-23T11:29:48-03:0001/10/2018|Cuidados com a saúde, Prevenção|0 Comentários

No final de 2018, aproximadamente 60 mil mulheres terão desenvolvido câncer de mama no Brasil. Muitas delas, ao fim, serão vencidas pela doença, e um dos principais motivos será a detecção tardia do câncer. O diagnóstico precoce é fundamental para tratar a doença, seja na mama ou em qualquer parte do corpo. Por isso, as campanhas como o Outubro Rosa são tão importantes. Elas ajudam com a prevenção do câncer de mama.

Esse número foi estimado pelo Instituto Nacional do Câncer e faz um alerta para a gravidade da doença e para a importância da prevenção do câncer de mama. Quando o câncer de mama é detectado precocemente, as chances de cura aumentam em mais de 90%. Uma importante ferramenta está ao alcance de todas as mulheres: fazer o autoexame com frequência e procurar um especialista quando notar qualquer anormalidade.

O que é o câncer de mama

Os cânceres surgem no corpo humano quando um grupo de células começam a se multiplicar de forma descontrolada. Essa multiplicação forma os nódulos e tumores que atingem a mama, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários.

São 4 estágios no câncer de mama. Um tumor diagnosticado no estágio 0 ou 1 chega a ter mais 90% de chance de cura. Já um câncer de mama no estádio 3 ou 4 tem de 30 a 40% de chance de cura total. Conforme o câncer avança, maiores são as chances da paciente passar por métodos mais agressivos, como quimioterapia, radioterapia e até a retirada da mama.

Autoexame: fundamental para a prevenção do câncer de mama

Todas as mulheres que tenham mais de 20 anos e caso de câncer na família, ou com mais de 40 anos, sem caso de câncer na família, devem realizar o autoexame da mama. Esse é um método fácil e importantíssimo para prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de mama.

O objetivo da palpação é procurar deformações ou alterações no formato das mamas, abaulamentos ou retrações, ferida ao redor do mamilo, caroços nas mamas ou axilas e secreções. Para isso, o ideal é que ele seja feito sempre no mesmo período do mês. Para as mulheres jovens, o período ideal é logo após a menstruação.

Quando fazer a mamografia

Os riscos de desenvolver câncer na mama aumenta junto com a idade. Por isso, após os 40 anos, o autoexame deixa de ser suficiente para a prevenção do câncer de mama. Portanto, o recomendado, a partir dessa idade, é realizar a mamografia com intervalo de um a dois anos. No entanto, a critério médico, o exame de mamografia pode ser solicitado a qualquer hora, especialmente se houver uma suspeita.

O que é o Outubro Rosa

A falta de informação de qualidade ainda é um grande problema para doenças como o câncer de mama, e as campanhas de conscientização têm papel fundamental nisso. Um estudo da Universidade do Vale do Paraíba com um grupo de mulheres constatou que 82% tinham informação sobre o autoexame, mas que apenas 46% o realizavam com a periodicidade correta.

O Outubro Rosa é uma campanha mundial com o objetivo de promover conscientização. Durante o mês de outubro, instituições públicas e privadas disponibilizam exames gratuitos ou com preço reduzido, com o objetivo de estimular que as mulheres se previnam.

Como ajudar

Há diversas formas de ajudar a reduzir esse imenso número de vítimas do câncer de mama. Uma delas — a mais simples — é se conscientizar sobre a importância da prevenção e levar informação a diante. Mas, além disso, é possível ajudar diversas instituições que trabalham em prol dessa causa.

São diversas instituições espalhadas pelo país e você encontra a relação de algumas delas no site da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama).

Deixar Um Comentário