Início>Equipamentos, Formação, Profissionais da Saúde>Ostomia: como é feito o procedimento e produtos relacionados

Ostomia: como é feito o procedimento e produtos relacionados

Por |2020-07-16T10:23:10-03:0006/09/2018|Equipamentos, Formação, Profissionais da Saúde|0 Comentários

O que é Ostomia?

É um procedimento cirúrgico onde é feita a abertura de um órgão oco. É feito para gerar comunicação entre órgãos internos e externos para expelir temporária ou permanentemente fezes, urina e secreções.

É feita uma abertura, substituindo o sistema usual de eliminação, fazendo uma terminação externa.

Exemplo:

  • Digestivo (gastrostomia);
  • Respiratório (traqueostomía);
  • Urinário (urostomia);
  • Intestino delgado (ileostomia);
  • Intestino grosso (colostomia);
  • Entre outros.

Os dois tipos mais comuns são: colostomia e ileostomia

Colostomia

  • Ascendente – Fezes Líquidas
  • Transversa  – Fezes Semi Líquidas
  • Descendente – Fezes Formadas
  • Sigmóide – Fezes Sólidas

Ascendente                      Transversa                   Descendente                     Sigmóide

                        

Qual aparência de um estoma?

Tem cor vermelha e é sensível ao toque. Pode sangrar se for friccionado.

Em uma cirurgia é normal que o estoma fique inchado, mas com o passar dos meses, ele diminuirá de tamanho, desinchando.

Quais cuidados um ostomizado deve ter?

  • Evitar carregar peso;
  • Evitar atividades que exiigem muito esforço;
  • Manter a pele limpa, antes de fazer a troca de bolsa;
  • Evitar comer em excesso alimentos que produzam gases (feijão, repolho, brócolis);
  • Casos de ileostomia (fezes líquidas), consumir legumes cozidos;
  • Para colostomia (fezes pastosas), evitar alimentos que atuam na prisão de ventre.
  • Beber 2 litros de água por dia.
  • Comer alimentos ricos em fibra, pois ajudam a regularizar o intestino contribuindo para uma regularidade das evacuações.

Como usar e trocar a bolsa?

1- Retire a bolsa devagar para não ferir, pois a pele em volta da ostomia é sensível. Pode usar água morna para descolar a bolsa.

2- Lave a ostomia e a pele com um pano macio e limpo. Não precisa usar sabão, mas caso queira, use sabão líquido e retire todo resquício dele antes de colocar a bolsa nova.

3- Seque bem a pele para garantir uma boa aderência.

4- Não use cremes e pomadas.

5- O conteúdo da bolsa suja deve ser desprezado no vaso sanitário e a bolsa jogada fora, se for reutilizável, siga as instruções para devida limpeza.

Quando trocar a bolsa?

Sempre que ela começar a descolar ou quando estiver quase cheia.

Produtos Relacionados

  • Tintura de Benjoim – É um produto antisséptico e forma uma película , protegendo a pele.
  • Lenço Removedor – Remove o excesso de adesivo da bolsa anterior, facilitando a aderência da nova bolsa.
  • Pasta – Preenche cavidades e dobras, criando selagem entre a pele.
  • Protetor Cutâneo – Forma uma película protetora sobre a pele para impedir o contato direto com as fezes por até 72 horas.
  • Desodorante – É um lubrificante da bolsa, impede que fezes fiquem grudadas na bolsa, ajudando a higiene.
  • Filtro anti odor – É um filtro de carvão ativado, auto adesivo. Deve ser aplicada no exterior da bolsa, para saída de gases e cheiro
  • Pó para ostomia – Mantém a pele seca, evitando irritações.
  • Sistema de irrigação – Permite uma lavagem intestinal e pode não usar a bolsa, colocando um plug, que impede a saída das fezes por um período.
  • Cintos – próprios para bolsa de ostomia.

Cuidados com a pele:

  • Não use perfumes ao redor da pele. Álcool, éter, iodos ou sabão agressivo;
  • Se tiver pelos ao redor, não use cremes depilatórios. Corte os pelos com uma tesoura.

 

Deixar Um Comentário