Descubra o que é curativo de carvão e como utilizá-lo
>, Equipamentos, Produtos para Saúde, Profissionais da Saúde>Descubra o que é curativo de carvão e como utilizá-lo

Descubra o que é curativo de carvão e como utilizá-lo

Quem trabalha na área da saúde, já deve ter se deparado com uma vasta opção de curativos para feridas. Esse é o caso da gaze, esparadrapo, pomadas e soro fisiológico. Mas será que você sabe o que é curativo de carvão e como usá-lo?

Assim como as demais opções, ele tem o objetivo de proteger a pele e cicatrizar de forma mais rápida o local atingido, prevenindo, assim, qualquer contaminação ou infecção que possa aparecer. Contudo, cada tipo de curativo possui uma finalidade específica e, para usá-los da melhor maneira, é importante conhecer a fundo as suas indicações.

Quer saber mais? Para dar uma ajuda nessa tarefa, reunimos neste post tudo o que você precisa entender sobre o famoso curativo de carvão. Acompanhe a leitura e fique por dentro!

O que é o carvão ativado?

De uns tempos para cá, o carvão ativado tem sido uma substância muita comentada no universo da saúde e da alimentação. Diferente do carvão tradicional, que tanto conhecemos dos churrascos, esse material é obtido por meio da queima de elementos orgânicos, como a madeira ou as cascas de coco.

Isso faz com que o composto se apresente como um carbono puro, com bastante porosidade e propriedades poderosas, como o seu grande potencial para remover impurezas. Por conta dessa função fantástica, o carvão ativado é constantemente usado em quadros de intoxicação alimentar, grande ingestão remédios ou demais produtos químicos que possam prejudicar a saúde do indivíduo.

Além disso, ele pode surgir no tratamento de feridas dermatológicas, disfunções, na composição de itens de beleza ou, até mesmo, em produtos que prometem deixar os dentes mais brancos. Interessante, não é?

Como o curativo de carvão funciona?

Conseguiu entender mais sobre esse componente? Então, agora, é o momento de descobrir o que é o curativo de carvão. Como falamos acima, há casos em que o carvão ativado pode ser usado no tratamento de feridas e demais problemas de pele.

Mas, afinal, como esse procedimento funciona? Basicamente, esse material é excelente para controlar o mau cheiro que, normalmente, é causado por uma ferida — seja ela originária de um procedimento cirúrgico ou não.

Também vale lembrar que o curativo com carvão ativado é composto por prata, sendo envolvido em uma camada que não é de tecido. Juntos, esses elementos conseguem impedir a proliferação de bactérias, controlando, assim, toda a região e impedindo que ela aumente ou se agrave.

Quando o curativo de carvão é indicado?

Cada tipo de curativo é indicado para quadros específicos — com o carvão ativado, isso não seria diferente. Abaixo, listamos as situações em que essa opção é mais indicada:

  • feridas superficiais ou profundas;
  • feridas com mau cheiro;
  • feridas com exsudato;
  • pés diabéticos;
  • úlcera de pressão;
  • carcinoma causado por fungos;
  • deiscência cirúrgica, ou a abertura das suturas.

Principais vantagens

Quando utilizado na situação adequada, o curativo de carvão é capaz de proporcionar inúmeros benefícios ao paciente. São eles:

  • diminui as bactérias da região;
  • absorve o exsudato, presente na ferida;
  • é excelente para limpar a ferida;
  • não apresenta efeitos colaterais ou riscos à saúde;
  • consegue controlar o odor da ferida;
  • pode ser removido com facilidade;
  • é prático e confortável;
  • oferece boa durabilidade, podendo ser usado por até 7 dias.

Como cuidar desse tipo de curativo?

Todo e qualquer curativo requer cuidados especiais, já que você estará tratando de uma ferida aberta, exposta e vulnerável à contaminação. Mas não se preocupe. Para utilizar esse produto da melhor maneira, basta seguir alguns passos básicos:

  1. molhe a região com soro fisiológico (0,9%) morno ou em temperatura ambiente;
  2. seque bem o entorno da ferida;
  3. coloque o curativo sobre a ferida;
  4. cubra a região com um material absorvente.

Dica: o curativo deverá ser trocado em até 7 dias. De acordo com a gravidade da ferida, é indicado higienizar a região diariamente. Também é fundamental ter atenção para não cortar o curativo. Caso contrário, o carvão poderá cair na ferida, prejudicando o tratamento.

E então, gostou de aprender o que é curativo de carvão e os seus benefícios para o paciente? Agora que você já sabe tudo sobre o tema, aproveite a leitura e faça uma visita à loja virtual Maconequi!

Deixe seu comentário