O que é cifose: saiba os sintomas, causas e tratamentos

| |

Já explicamos aqui no blog o que são os desvios de coluna, bem como o que é lordose e escoliose. Mas hoje, vamos explicar com mais profundidade o que é cifose, seus sintomas, causas e tratamento.

Acompanhe e  saiba mais sobre esse problema que ataca milhares de pessoas. 

O que é cifose

Cifose, lordose e escoliose são desvios de coluna que ocorrem quando há redução ou aumento acentuado de uma ou mais curvaturas da coluna. Elas podem comprometer e prejudicar o bom desempenho de suas múltiplas funções.

Deformações de cifose, também conhecida como hipercifose, são os desvios de coluna no qual ombros, pescoço e cabeça são projetados para frente, provocando o que é popularmente chamado de “corcunda”.

Rara nos recém-nascidos e comum na infância, a cifose costuma afetar os meninos muito altos para a idade e as meninas no período do crescimento das mamas. Ela pode também surgir em pessoas mais velhas, quando há o desgaste das vértebras, a perda da flexibilidade dos discos intervertebrais e o enfraquecimento da musculatura dorsal.

Seu diagnóstico é feito por meio de exame clínico minucioso, com o paciente de frente, de costas e de perfil. Utiliza-se também exames de raios X da coluna para medir o grau das curvaturas e identificar lesões que afetam os discos e as articulações e também, em alguns casos, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Sintomas 

A cifose se instala aos poucos e, em muitos casos, não apresenta qualquer sintoma. 

No entanto, quando eles se manifestam, os mais comuns são:

  • Dor;
  • Fadiga;
  • Rigidez da coluna.

Causas 

Entre as principais causas da cifose, podemos citar:

  • Hábitos posturais inadequados, tanto no trabalho quanto nas atividades de lazer;
  • Falta de condicionamento físico;
  • Enfraquecimento da musculatura paravertebral. 

A cifose também pode ser a manifestação secundária de outras enfermidades como  a osteoporose, poliomielite e tuberculose, por exemplo. 

Tratamento

Como já mencionamos, na maioria das vezes, a cifose é assintomática. Porém, quando os sintomas se manifestam é preciso intervir de acordo com as peculiaridades de cada caso e com a idade do paciente, o padrão da curvatura, as características da deformidade e a  intensidade da dor. 

O objetivo do tratamento é interromper a progressão do transtorno, recuperar as funções da coluna e aliviar os sintomas. E, se for possível identificar a causa da cifose, deve-se tentar o controle da doença de base. Por exemplo, nos casos de obesidade, é fundamental que o paciente perca peso. 

Em geral, o tratamento inclui técnicas de fisioterapia, como a RPG (Reeducação Postural Globalizada), exercícios de alongamento e para fortalecer a musculatura e estimulação elétrica. 

Órteses, como palmilhas e coletes ortopédicos, podem ser úteis para interromperem a progressão da curva e, na medida do possível, manter ossos e articulações na posição adequada.

O uso de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos e relaxantes musculares para alívio da dor também pode ser recomendado, de acordo com a gravidade do caso. 

Por fim, é bom que se saiba que a cirurgia para estabilização da coluna vertebral só é recomendada para pacientes adultos e em situações muito especiais.

Gostou? E para saber mais sobre desvios na coluna como cifose, lordose e escoliose, e outros problemas de saúde, continue acompanhando nosso blog.

 

Anterior

O que é lordose: conheça os tipos, os sintomas e as causas

O que é escoliose: saiba como identificar e se tem cura

Próximo

Deixe um comentário