O que é bruxismo, quais são as causas e como tratar?

| |

O bruxismo acomete 15% das crianças e afeta indistintamente homens e mulheres. Mas você sabe o que é bruxismo? Ao menos já ouviu falar?

Se você tem curiosidade sobre o assunto, aproveite e confira agora mesmo este nosso novo conteúdo onde vamos te contar o que é bruxismo, suas causas e tratamento. 

Boa leitura!

O que é bruxismo

O bruxismo acontece quando os dentes entram em contato de maneira forçada, quer de forma silenciosa ou produzindo sons, especialmente enquanto a pessoa está dormindo.

E a pressão, provocada por esse contato forçado, causa o desgaste e amolecimento dos dentes e, em casos mais graves, causa também problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula.

O bruxismo pode ser de dois tipos:

  • Bruxismo diurno: ocorre quando o indivíduo está acordado e geralmente não vem acompanhando do ranger de dentes. Está relacionado a um tique ou hábito.
  • Bruxismo noturno ou do sono: é a ação inconsciente de ranger ou apertar os dentes, com produção de sons, enquanto se está dormindo. Deve-se destacar aqui que a intensidade e a frequência das crises podem variar de uma noite para outra.

Por sua vez, os sintomas do bruxismo, além do desgaste e amolecimento dos dentes, podemos citar: 

  • Dor de cabeça;  
  • Dor e zumbido no ouvido;
  • Dor no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face;
  • Estalos ao abrir e fechar a boca;
  • Cansaço diurno, pois a qualidade do sono é diminuída.
  • Alterações do sono. 

Já que causa o desgaste dos dentes, a rachadura do esmalte e até mesmo problemas na gengiva, a melhor pessoa para fazer o diagnóstico correto é o dentista.

Causas do bruxismo 

O bruxismo pode estar associado ao estresse, ansiedade, algumas condições neurológicas ou pode, até mesmo, ser efeito secundário a algumas drogas.

Sabe-se também, que alguns fatores contribuem para o desenvolvimento desse problema, como história familiar, disfunções de ATM, ansiedade, depressão, etc. 

O consumo excessivo de cafeína, álcool, fumo ou o uso frequente de drogas também pode aumentar a frequência do bruxismo, tanto de dia quanto durante o sono. No mais, pacientes com refluxo também podem ter bruxismo, uma vez que o refluxo causa a diminuição do pH do esôfago aumenta a atividade do músculo da mastigação.

Como tratar o bruxismo

O tratamento do bruxismo será feito de acordo com a sua causa. Dessa forma, com as perguntas certas e com um exame minucioso dos dentes, o dentista poderá determinar a causa provável do problema.

De qualquer forma, será indicado o uso de um dispositivo, feito sob medida, nos dentes do indivíduo sempre que ele for dormir. Esse dispositivo encaixa-se sobre os dentes superiores e evita que eles entrem em contato com os dentes inferiores. 

Em paralelo ao uso do dispositivo que não cura o problema, apenas evita e reduz os estragos causados por ele, é importante procurar formas de relaxamento e procurar uma terapia que possa ajudar no controle da ansiedade e do estresse. Diante disso, podemos dizer que a melhor forma de prevenir o bruxismo é reduzindo o estresse e controlando a ansiedade em pessoas propensas à ele. 

E por falar em estresse, uma medida que ajuda a relaxar os músculos da mandíbula e a atenuar e reduzir os episódios de bruxismo, é a aplicação de água morna na região, durante 15 minutos, antes de ir dormir.

No mais, pode-se reduzir o contato de um ou mais dentes para ajustar a mordida, por meio de restaurações, coroas ou ortodontia. 

Gostou do nosso conteúdo? E para ter mais informações e dicas úteis sobre saúde e bem-estar, continue acompanhando nosso blog. 

Anterior

Higiene bucal: qual é a forma correta de higienizar a boca?

Quantas horas devemos dormir para ter uma boa qualidade de sono?

Próximo

Deixe um comentário