O que é bom para aliviar o estresse?

| |

É comum que nossa rotina esteja sempre cheia de tarefas e cobranças. Apesar disso, o que falta para muitos é descobrir o que é bom para aliviar o estresse causado por esse estilo de vida. 

Nem todos sabem, mas o estresse causado por uma vida agitada pode gerar sintomas físicos e psicológicos. Apesar disso, existem uma série de coisas que podemos mudar no nosso dia a dia para aliviar essa tensão. Quer saber quais são? Continue lendo este artigo!

O que fazer para aliviar o estresse?

Como já sabemos, o estresse do nosso cotidiano pode até mesmo nos adoecer. Por esse motivo, especialistas indicam que manter o equilíbrio é sempre o melhor remédio. Conciliando momentos de trabalho com momentos de lazer, por exemplo. 

Por isso, tirar um tempo para cuidar de si em meio a uma semana agitada pode melhorar sua qualidade de vida. Diante disso, conheça algumas formas de aliviar o estresse no dia a dia:

Praticar exercícios

Que a prática de atividades físicas traz uma série de benefícios a gente já sabe. O que algumas pessoas não sabem é que os exercícios físicos são grandes aliados contra o estresse.

O que acontece é que quando praticamos alguma atividade há alterações químicas no nosso organismo. Por exemplo, a quantidade de cortisol (hormônio associado ao estresse) cai e a endorfina (hormônio do bem-estar) é liberada na nossa corrente sanguínea.

Portanto, a prática de exercícios pode melhorar a sensação de bem estar. Nesses casos, especialistas indicam no mínimo 30 minutos de atividades físicas por dia. 

Alimentação balanceada

Existem comidas que podem nos proporcionar um prazer momentâneo, como doces, por exemplo. Apesar disso, existem também alimentos ricos em nutrientes que agem efetivamente no nosso bem estar físico e emocional. 

Dessa forma, manter a dieta equilibrada, incluindo alimentos saudáveis para o nosso organismo, também pode nos ajudar com o estresse. 

Por isso, incluir principalmente frutas, alimentos ricos em ômega 3 (peixes, frutos do mar e semente de chia, por exemplo) e oleaginosas (nozes e amendoim, por exemplo) te ajuda a manter uma sensação de conforto. 

Fazer pausas

O estresse está diretamente ligado ao cansaço físico e mental. Por isso, se permitir descansar também te ajudará com esse problema. 

Nesse caso o ideal é darmos pequenas pausas, principalmente em situações de estresse extremo. 

Mesmo quando tudo está um caos, parar por alguns minutos, respirar e colocar a cabeça no lugar pode ser um diferencial.

Praticar exercícios de respiração

É comum sentir alguns sintomas físicos, como palpitações e respiração acelerada (hiperventilação), quando se está ansioso. Por essa razão, diminuir a frequência respiratória ajuda a desacelerar o ritmo cardíaco.

Nesses casos, aprender alguns exercícios de respiração pode te ajudar a se acalmar. Além disso, existem algumas formas simples de retomar o controle da respiração, como: 

  • focar no ato de respirar;
  • respirar profundamente;
  • puxar o ar pelo nariz e soltar pela boca;
  • contar os segundos enquanto respira;
  • prolongar o tempo de inspiração e expiração.

Isso pode te ajudar a se concentrar e retornar ao seu estado mais calmo.

Ter momentos de lazer e relaxamento

Normalmente nossa rotina diária é bastante desgastante e pode ser uma das causas do nosso estresse. Por isso, além de atividades que nos exijam concentração e seriedade, também precisamos incluir no nosso cronograma momentos de distração e relaxamento.

Tirar um momento para si, mesmo que realizando atividades simples, faz toda a diferença e pode ajudar a manter o estresse longe. Isso porque também precisamos de descanso.

Pegar sol no quintal, regar as plantas, ler e cuidar da pele são bons exemplos de atividades fáceis de serem postas em prática. O importante é fazer algo que te faça sentir confortável e relaxado.

Se planejar e organizar melhor o tempo

Algo que nos ajuda a visualizar melhor as tarefas, sem causar desespero, é a boa administração do tempo. Por isso, se planejar para alcançar objetivos, definindo metas e prioridades é um ótimo jeito de evitar o estresse.

Nesse caso, o ideal é entender qual é a forma de organização que melhor funciona para você. Seja através de um quadro de tarefas, calendário, planner, agendas ou até mesmo aplicativos em seu smartphone. Qualquer jeito é válido, desde que funcione para você.

Apesar disso, vale lembrar que as metas devem ser realistas. Não sobrecarregue sua agenda, pois isso pode causar o efeito contrário, gerando sentimento de frustração e mais estresse. Respeite suas limitações!   

Ajuda psicológica

Nesse caso, a ajuda psicológica é sempre importante, pois é durante a psicoterapia que conseguimos desabafar e consequentemente aliviar o estresse. Além disso, buscar ajuda profissional também é uma forma de cuidar de si e da sua saúde. 

Existem casos em que a ajuda de um profissional capacitado se torna necessária. Principalmente quando a pessoa que sofre de estresse sente que não consegue lidar com esse problema sozinha. Então fique atento e se cuide! 

Agora que você já sabe como aliviar o estresse, que tal entender mais sobre saúde e bem-estar? Aqui no blog da Maconequi temos muitos conteúdos que podem te ajudar. Acesse e confira!

Anterior

Estresse pós-traumático: o que é e como identificar os sintomas?

Como saber se estou no período fértil?

Próximo

Deixe um comentário