Início>Cuidados com a saúde>Terceira Idade>Muleta de alumínio: como escolher e como ensinar alguém a usá-la!

Muleta de alumínio: como escolher e como ensinar alguém a usá-la!

Por |2019-12-19T14:08:19-03:0013/06/2019|Cuidados com a saúde, Terceira Idade|0 Comentários

A muleta de alumínio é essencial para que pessoas com dificuldade de mobilidade ou em recuperação de lesões e cirurgias possam se movimentar com maior confiança e estabilidade. Também ajuda a distribuir melhor o peso do corpo do usuário, diminuindo as chances de eventuais problemas no quadril e evitando sobrecarga nas articulações.

Sabendo da importância de contar com um equipamento de qualidade, vamos apresentar neste post as principais informações para ajudar no processo de escolha e como auxiliar o paciente da melhor forma. Ficou curioso? Então, continue a leitura e confira!

O que considerar na escolha da muleta de alumínio?

Primeiramente, ao comprar uma muleta de alumínio, é preciso considerar os modelos disponíveis. Existem dois tipos: axilar e antebraço. O primeiro permite que o paciente ande sem precisar apoiar os membros inferiores. Embora fique posicionada nas axilas, a carga deve ser totalmente suportada pelos braços.

O segundo, por sua vez, é ideal para quem já pode encostar os pés no chão e distribuir a carga entre a muleta e os membros inferiores. Além disso, tem um suporte para o antebraço que ajuda a manter a posição do equipamento.

Para fazer a melhor escolha, também é importante pensar nas medidas da muleta, pois o uso incorreto pode oferecer alguns riscos. A altura ideal deve ser baseada pelo apoio das mãos, que precisa estar localizado na altura do quadril quando o usuário estiver com o braço esticado. Além disso, é preciso ter atenção à distância entre a muleta e a parte lateral dos pés, que deve ser de, no mínimo, 10 cm. Esse espaço é muito importante para evitar tropeços.

Como ensinar um paciente a utilizá-la?

O uso da muleta de alumínio também requer alguns cuidados que garantem uma adaptação segura. Confira, a seguir, quais são eles.

Para andar

É essencial que a extremidade superior da muleta esteja de 2 a 3 cm abaixo da axila do paciente em pé. A manopla deve estar no mesmo nível da parte superior do quadril, e o cotovelo, levemente flexionado.

Para andar, ele deverá inclinar o corpo levemente e colocar as muletas aproximadamente 30 cm à sua frente. Depois, deve iniciar o passo como se fosse pisar com a perna lesionada, deslocar todo o peso para as muletas e terminá-lo normalmente com a outra. Quando a perna não lesionada estiver apoiada no chão, ele deverá colocar as muletas para frente em preparação para o próximo passo.

Para sentar

Para sentar, o paciente deverá colocar a perna lesionada à sua frente e segurar a muleta em uma das mãos. Depois, deverá abaixar-se lentamente até sentar. Para se levantar, é indicado que ele desloque o corpo para a parte anterior do assento, segure a muleta na mão do lado da perna normal e faça força para ficar em pé sobre ela.

Para subir escadas

Já para subir ou descer escadas com a muleta de alumínio, o paciente precisará ser forte e flexível. Ele começará segurando o corrimão com uma das mãos e colocando o equipamento de apoio sob a axila do outro lado. Depois, deverá subir os degraus sempre com a perna boa à frente e manter a lesionada para trás. Para descer, a perna lesionada vai antes e cada degrau deve ser descido com a outra.

Quais cuidados devem ser tomados para garantir a sua funcionalidade?

Alguns cuidados devem ser tomados para garantir a funcionalidade desse equipamento. Os principais são:

  • utilizar os punhos para ter mais apoio ao caminhar e não forçar a base da muleta;
  • fazer o uso somente em terrenos regulares, tendo cuidado especial ao andar em pisos molhados e úmidos.

Agora que você já sabe como escolher uma muleta de alumínio e como ensinar um paciente a utilizá-la, procure considerar também o tipo de situação em que ele se encontra e o tempo de uso necessário para o tratamento. Além disso, lembre-se de que o médico é a melhor pessoa para esclarecer possíveis dúvidas e sugerir o modelo mais adequado para cada caso.

E aí, gostou de saber como escolher uma muleta de alumínio? Deseja adquirir um produto de qualidade e com o melhor preço? Então, aproveite que está por aqui e confira todos os nossos modelos disponíveis!

Deixar Um Comentário