Como escolher a melhor escova de dente para você?

| |

Visitar o dentista a cada 6 meses, escovar os dentes após as refeições, usar fio dental. Se você faz tudo isso e ainda sim tem problemas dentários, o problema pode estar na sua escova de dente.

Saber escolher escova de dente pode parecer algo bem simples, mas é fundamental ficar atento à qualidade da escova e seu modelo. 

E para que você faça escolhas cada vez melhores, vamos te mostrar neste artigo como escolher a melhor escova de dente. Acompanhe e sorria!

Como escolher escova de dente

Na hora de comprar um nova escova de dente você deve observar os seguintes itens:

Cerdas

Muitos dentistas recomendam escovas de cerdas macias, uma vez que elas ajudam na remoção da placa bacteriana sem ferir a gengiva ou desgastar o esmalte dentário. Porém, se você possui prótese dentária, o ideal é usar uma escova de cerdas mais duras

De qualquer forma, o ideal é que as cerdas sejam homogêneas, com acabamento arredondado. Observe também se a escova apresenta uma concentração de cerdas por tufo.

No mais, os modelos mais simples são os mais eficazes na limpeza dos dentes.

Formato da escova

O formato da cabeça da escova de dente interfere bastante na hora da higiene.

Se você ainda tem os dentes sisos ou tem a abertura da boca limitada precisa de uma escova com a cabeça pequena e arredondada. Assim, você consegue alcançar as áreas mais escondidas da boca.

Mas se isso não for um problema pra você, pode usar uma escova com cabeça maior.

Já quanto ao cabo da escova, o importante é que ele tenha uma boa empunhadura e possibilite que você realize os movimentos de forma correta. Prefira os cabos ergonômicos e emborrachados que não escorregam e evitam que você machuque o interior da boca.

A melhor escova de dente para quem usa aparelho ortodôntico

Se você usa aparelho fixo, procure por uma escova de dente ortodôntica. Ela tem cerdas em formato “V” que varrem toda sujeira além dos bráquetes e fios de aço. 

A escova interdental também deve ser utilizada para limpar os espaços entre os dentes que são difíceis de serem alcançados por uma escova comum. 

Por outro lado, se você usa aparelho móvel, tenha uma escova com cerdas mais duras para fazer uma limpeza mais eficaz. 

E a escova elétrica? 

A escova elétrica pode ser uma ótima opção para facilitar a limpeza, principalmente, para quem precisa de uma ajudinha extra na hora da higiene, como idosos, crianças e pessoas com necessidades especiais. 

Cuidados com a sua escova de dente

Além de comprar a escova certa, é importante cuidar bem dela. Assim, confira as dicas abaixo:

  • Nunca compartilhe sua escova de dente. Ela é um item pessoal e nunca deve ser compartilhado com ninguém, pois pode transmitir bactérias e doenças infecciosas. 
  • Não guarde as escovas da família juntas, pois uma pode contaminar a outra.
  • Não deixe as escovas em cima da pia do banheiro, isso evita que elas se contaminem. O ideal é guardá-la em armário fechado, na posição vertical e com protetores de cerdas. 
  • Higienize corretamente a escova de dente. Antes e após escovar os dentes, lave bem a escova em água corrente para eliminar o acúmulo de saliva, pasta de dente, restos de alimentos e bactérias que ficaram alojadas nas cerdas. 
  • Não use uma escova de dentes por mais de três meses. Depois desse tempo as cerdas começam a se deformar e acumular bactérias.
  • Substitua sua escova de dente após gripes, resfriados e infecções de garganta, dessa maneira você garante que os microrganismos causadores do problema não fiquem alojados entre as cerdas.

Gostou das dicas? Mas lembre-se que na dúvida, o ideal é sempre consultar seu dentista antes da compra. Ele, mais do que ninguém, vai saber indicar a melhor opção para você. 

Anterior

Você sabe quantos litros de água devemos beber por dia?

Mau hálito: descubra o que causa e como acabar com o bafo

Próximo

Deixe um comentário