Início>Profissionais da Saúde>Equipamentos>Martelo de reflexo: você sabe sua importância e como utilizá-lo?

Martelo de reflexo: você sabe sua importância e como utilizá-lo?

Por |2020-02-03T10:41:53-03:0010/10/2018|Equipamentos, Profissionais da Saúde|0 Comentários

O martelo de reflexo é um elemento simples, mas muito importante. Ele é capaz de realizar testes para identificar as condições de resposta neurológica de um paciente, mesmo que ele não apresente sintomas específicos.

Para a realização desses testes, há diferentes tipos de martelo. O modelo Taylor tem cabeça triangular e, normalmente, é feito de borracha sintética. O de Babinski tem formato circular, enquanto o Buck MD tem duas extremidades com material sintético.

Para entender melhor, veja como o martelo de reflexo é usado e tire as suas dúvidas!

A importância e os resultados do exame

O uso do martelo se baseia em uma resposta rápida dada pelo organismo. Após um estímulo, os nervos e a medula trabalham, até de forma independente ao cérebro, e oferecem um retorno. Se o movimento não acontece como deveria, há a indicação de algum tipo de problema.

Por meio desse teste simples, é possível identificar doenças neurológicas ou problemas nos nervos e terminações nervosas, como Alzheimer ou um derrame cerebral. Também se pode diagnosticar doenças medulares se o reflexo não ocorre conforme o esperado. As alterações de sensibilidade, associadas a alguns sintomas, apontam para problemas específicos.

O teste é simples, indolor e rápido. A partir da avaliação dos efeitos, portanto, é possível ter uma visão clara do estado do paciente.

Os músculos testados

Em teoria, todos os músculos do corpo humano poderiam ser verificados pelo martelo de reflexo. Porém, isso não seria produtivo ou interessante, já que há músculos mais importantes.

Em geral, são testados alguns grupamentos específicos e entre eles estão:

●    bíceps (parte anterior do braço);

●    tríceps (parte posterior do braço);

●    adutores da coxa (parte interna do joelho);

●    flexores da coxa (parte posterior do joelho);

●    quadríceps (na patela ou rótula);

●    tríceps surual (parte do tendão do calcanhar).

Em geral, o teste é feito de ambos os lados. A partir da comparação, é possível identificar se existe obstrução em uma das porções, por exemplo.

O uso do martelo de reflexo

Na hora de analisar a patela, por exemplo, o paciente tem que estar sentado e com as pernas em balanço. Ao bater com o martelo, há como notar o movimento ou a falta dele.

Também não é preciso imprimir uma força muito grande no toque. A chamada percussão deve ser leve, pois o menor estímulo já obtém reflexo. O truque é pegar, precisamente, na área esticada para obter o efeito esperado.

O martelo precisa ser utilizado do mesmo modo em ambos os lados. Também é possível utilizar modelos diferentes dependendo do grupo muscular e do paciente. Crianças, por exemplo, exigem martelos menores por causa de sua composição corporal.

Em todos os casos, é fundamental fazer a compra em uma empresa que seja referência em produtos médicos. Isso garante a durabilidade, a segurança e a efetividade no uso da peça.

O martelo de reflexo é um equipamento essencial para realizar testes importantes. De diferentes tipos, pode ser usado em grupos musculares variados e oferece informações determinantes para o cuidado com a saúde.

Como a compra deve ser feita corretamente, entre em contato com a Maconequi e veja como podemos ajudar!

 

Visite nosso site e conheça nossos produtos: Maconequi.com.br

Deixar Um Comentário