Início>Equipamentos, Prevenção, Profissionais da Saúde>Luva nitrílica: para que serve?

Luva nitrílica: para que serve?

Por |2020-09-29T10:18:54-03:0029/09/2020|Equipamentos, Prevenção, Profissionais da Saúde|0 Comentários

A luva nitrílica é um equipamento de proteção individual usada pelo mais diversos profissionais, nas mais variadas áreas. Em sua composição é usada borracha sintética, o que a torna uma produto bastante resistente, superando o látex. Além dessa característica, ele possui um excelente custo-benefício, o que faz com ela seja bastante consumida. 

Em situações de contato com materiais abrasivos, a luva nitrílica tem se mostrando muito mais resistente a rasgos e desgastes. Ela é confortável e segura, dessa forma não interfere na eficiência durante a execução das tarefas inerentes à sua função. 

Você sabe em que situações é preciso usar esse tipo de luva? Se ainda não sabe, leia as informações que preparamos para você. 

Luva nitrílica: quando usar

A luva nitrílica é um equipamento de segurança extremamente importante para proteger as mãos e dedos dos profissionais. Seja qual for o tipo de atividade desempenhada, se ela apresenta algum risco de contaminação ou segurança, o uso da luva é indispensável. 

O uso de luvas é uma das formas de garantir a integridade física de quem trabalha em situações de risco. Ele varia de acordo com o ambiente de trabalho. Diante disso é possível afirmar que existem os riscos físicos e os biológicos. Para entender a importância do uso da luva, é preciso conhecer a diferença dos dois tipos de riscos. 

Os riscos físicos são aqueles que podem levar ao corte, choque elétrico, perfuração, temperatura elevada ou muito baixa. Já os riscos biológicos são aqueles em que pode haver contágio por bactérias, fungos, parasitas, protozoários e vírus. 

Tipos de luva e sua utilização

Para proteger os profissionais foram desenvolvidos vários tipos de luvas. Cada um deles para uma situação adequada. Seu uso durante a execução das atividades protege dos agentes contaminantes e também de produtos químicos. 

Para cada tipo de risco, é necessário o uso de um tipo de luva. Por isso, é importante conhecer os tipos que existem no mercado. Sendo assim, em caso de necessidade do uso de luvas, você saberá escolher o tipo adequado à ocasião. 

  • Anticorte: protegem contra objetos perfuro cortantes; 
  • Descartáveis: são conhecidas também como luvas de procedimentos, são usadas para situações específicas; 
  • De látex natural: apresenta bastante resistência a produtos químicos, além de ser bastante resistente.
  • Nitrílica: é mais resistente que as luvas de látex, sendo resistem a saliências, abrasões, cortes e perfuração, além de proteger contra substâncias oleosas e solventes. 
  • Malha de algodão: são indicadas em situações em que seja preciso manter o conforto térmico das mãos, pois absorve bem o suor. Além de proteger contra perfurações por pequenos objetos.
  • PVC: esse tipo de luva é que oferece maior resistência a ácidos, cáusticos e álcoois.  
  • Vaqueta ou raspa de couro: embora não sejam muito flexíveis, são altamente resistentes e indicadas para atividades de solda.

Leia também: Como medir a mão para saber o tamanho certo da luva?

Luva nitrílica: qual é a sua eficiência 

Embora seja um pouco menos elástica que a luva de látex, ela é muito mais resistente a rasgos. É bastante indicada para profissionais que precisam manter contato com óleos, graxas e produtos derivados de petróleo. Por isso, seu uso é muito comum em atendimentos médicos, especialmente os pré-hospitalares. 

Situações de socorros em urgência e emergência, em que é possível encontrar objetos cortantes, a luva nitrílica também é indicada. Profissionais dos mais diferentes setores, cuja atividade requer proteção contra riscos mecânicos e com manuseio de produtos como a graxa, preferem essa luva. 

O látex natural é bastante comum na produção de luvas, mas algumas pessoas têm alergia desse tipo de material. Portanto, a luva nitrílica se torna uma excelente alternativa, pois, não possui em sua composição o látex. 

Essa informação é muito importante para evitar que os trabalhadores desempenhem suas funções sem proteção, em casos que apresentar alergias. Manter o contato direto com agentes contaminantes, sejam eles físicos ou biológicos, é um expor-se a um grande risco de contaminação. 

Como vestir as luvas nitrílicas

  1. Lave bem as mãos e braços com água e sabão. Enxágue e seque com papel toalha. 
  2. Abra a caixa de luvas pela abertura sugestiva em cima da caixa, essa é uma forma de manter a caixa fechada, após a retirada.
  3. Pegue uma luva sempre pela extremidade do punho, posicionando-a  de acordo com a posição do dedo polegar. Vista devagar. Se ficar errado não tem problema. 
  4. Use a mão que já está vestida com a luva para pegar a outra luva, sempre pela extremidade do punho. 
  5. Vista a outra luva e com a mão vestida, vá ajeitando as duas luvas. Dessa forma você não terá contato da mão com a luva.

A luva nitrílica tem sido bastante usada devido às suas vantagens em relação à luva de látex. Quando comparadas é possível afirmar que a nitrílica é mais durável, resistente e oferece maior proteção. Na hora de comprar suas luvas nitrílicas, acesse o site Maconequi que você encontra as mais variadas cores, tamanhos e marcas. 

Deixar Um Comentário