Início>Cuidados com a saúde, Prevenção, Produtos para Saúde, Qualidade de Vida>Importância da fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica

Importância da fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica é um conjunto de técnicas usadas para diminuir o tamanho do estômago e, assim, reduzir o peso do paciente. Muitas pessoas não conseguem obter um resultado satisfatório apenas com exercícios e dieta, portanto, a cirurgia bariátrica tem sido uma ótima opção para o tratamento de pessoas com o índice de massa corporal (IMC) alto.

O trabalho do fisioterapeuta é essencial durante esse processo de pré e pós-operatório. Antes da cirurgia, ele prepara o paciente para ser submetido com segurança ao procedimento cirúrgico. Depois da cirurgia, ele realiza exercícios para prevenção de tromboses, auxilia na saída do sedentarismo e início das atividades físicas.

O fisioterapeuta também auxilia na reabilitação postural, reabilitação do períneo e melhora da estética facial e corporal. Mas hoje vamos dar um destaque especial para a fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica. Você sabe a importância dos exercícios respiratórios nesse momento?

Qual é o objetivo da fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica?

As cirurgias abdominais, quando somadas ao quadro de obesidade, têm uma grande chance de complicações respiratórias e vasculares. São essas complicações que acabam levando os pacientes a permanecerem mais tempo internados e, em casos mais graves, em unidades de terapia intensiva (UTI).

Tudo isso acontece devido ao mal preparo ou até mesmo a ausência de preparo da parte respiratória do paciente. Quando devidamente preparados por meio da fisioterapia respiratória, o risco de desenvolver essas complicações, incluindo trombose e embolia, diminuem imensamente.

Esse é o papel de fisioterapia respiratória antes da cirurgia bariátrica: melhorar as condições de respiração para que os pacientes passem pelo procedimento cirúrgico com mais segurança. Sabendo disso, vamos abordar agora com mais profundidade sobre os benefícios que essa fisioterapia traz aos pacientes.

Benefícios da fisioterapia respiratória no processo da cirurgia

Com o aumento do índice de massa corporal (IMC), os prejuízos à respiração são mais evidentes. Alguns fatores potencializam essa situação como o acúmulo de gordura ao redor do tórax, a fraqueza dos músculos respiratórios, quadros de bronquite e asma, tabagismo e apneia do sono.

A fisioterapia respiratória ajuda a reduzir complicações respiratórias no pós-operatório que podem surgir devido aos prejuízos causados pelo aumento do IMC e pelo procedimento cirúrgico. Além da anestesia geral e da intubação, o paciente ainda receberá medicamentos que alteram a capacidade respiratória até 21 dias antes da cirurgia.

Veja também: Quanto tempo tem que ficar de repouso depois da cirurgia bariátrica?

Já as complicações do pós-operatório podem surgir até 30 dias depois, como infecções respiratórias, atelectasias (quando os pulmões ficam “murchos”), agudização dos quadros de bronquite e asma (com o surgimento de secreções e chiados) e dificuldade respiratória por diminuição de força dos músculos respiratórios.

O trabalho do fisioterapeuta para com os pacientes nesses casos é:

  • preparar os músculos respiratórios;
  • melhorar a expansão dos pulmões;
  • aumentar a oxigenação (otimizar as trocas gasosas); e
  • preparar os portadores de apneia do sono, asma e bronquite para fazerem a cirurgia com tranquilidade sem desestabilizar a parte respiratória.

Com toda essa preparação, os pacientes têm boas condições para se manterem sem oxigênio durante a intubação e ventilação mecânica no processo cirúrgico. Além disso, contribuir para uma recuperação mais tranquila, como já citamos anteriormente. 

Quer saber como esses exercícios são feitos? Vamos exemplificar agora.

Equipamentos para fisioterapia respiratória

Os exercícios respiratórios são feitos com o auxílio de equipamentos compostos por três tubos que possuem bolinhas dentro deles e um bocal. Eles fortalecem a musculatura respiratória e melhoram a expansão dos pulmões. Esses equipamentos são chamados de exercitador respiratório e podem ser encontrados em lojas especializadas como a Maconequi. Basta clicar nesse link acima.

O Respiron Classic tem um preço bem acessível e é indicado para a fisioterapia pré e pós-operatória da bariátrica. O exercício é feito de forma simples: basta expirar profundamente e na sequência puxar o ar com a boca no bocal do aparelho, elevando as bolinhas de 3 a 5 segundos. Em seguida, tirar a boca do bocal e soltar todo o ar novamente.

O ideal é que o exercício seja iniciado na graduação zero e, quando o nível estiver fácil, o paciente aumente gradualmente de 0,5 em 0,5. Esse procedimento deve ser feito para chegar próximo ao nível 3, que é o ideal para a cirurgia. Para saber o número de repetições desse exercício, recomendamos que você consulte o fisioterapeuta responsável pela sua preparação.

O Respiron Classic, além de contribuir nesse processo pré-operatório, também é indicado para crianças, idosos, pessoas sedentárias, obesas, asmáticos e ainda contribui na redução de falta de ar em qualquer atividade física do cotidiano e sensação de cansaço. Ficou interessado? Visite a página do produto que tem muito mais informações!

Deixar Um Comentário