Exercícios com bola de Pilates para gestantes: porque e como fazer

| |

O Pilates traz inúmeros benefícios para a saúde, isso você já deve saber. Mas talvez, você ainda não saiba que a prática de exercícios com bola de Pilates para gestantes além de melhorar a consciência corporal, fortalecer os músculos e aumentar a quantidade de oxigênio que chega até o bebê, também ajudam a deixá-lo mais calmo e tranquilo.

Interessante, não? E para saber mais sobre os exercícios com bola de Pilates para gestantes, vale a pena conferir este nosso novo conteúdo. Boa leitura!

A prática de Pilates durante a gravidez

Os exercícios de Pilates podem ser feitos a partir do segundo trimestre de gestação, no entanto, deve-se ter alguns cuidados durante a realização deles, já que alguns podem causar desequilíbrio, favorecendo a queda ou o aumento da pressão intra-abdominal. 

Entre os benefícios dos exercícios com bola de Pilates para gestantes podemos citar: 

  • Ajudar a suportar melhor o peso da barriga;
  • Combater o inchaço;
  • Facilitar o nascimento por parto normal;
  • Diminuir o risco de incontinência urinária no pós-parto;
  • Combater à dor e ao desconforto nas costas;
  • Ter uma maior controle sobre o peso;
  • Melhorar o condicionamento físico; 
  • Melhorar a respiração;
  • Melhorar a circulação sanguínea; 
  • Ajudar na oxigenação do bebê;
  • Acalmar o bebê. 

Assim, realizar atividades com a “bola suíça” ou “fitball” também pode ajudar na redução das dores das contrações e promover uma boa postura, o que é essencial nas últimas semanas da gravidez, quando o bebê precisa ficar na posição correta para o parto.

Porém, os exercícios com bola de Pilates para gestantes devem ser orientados por um fisioterapeuta ou profissional de educação física, que sejam instrutores de Pilates.

Quando não praticar exercícios com bola de Pilates durante a gestação

Desde que a mãe e o bebê estejam saudáveis e o profissional que a acompanha tenha experiência, os riscos são praticamente inexistentes.

No entanto, deve-se observar alguns sinais como:

  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Pressão alta descontrolada;
  • Falta de ar;
  • Dor abdominal;
  • Sangramento vaginal;
  • Contrações muito fortes ou muito próximas; 
  • Dor no peito. 

Nesses casos não é somente o Pilates que não é recomendado, mas qualquer tipo de atividade física que possa comprometer a saúde da mãe ou do bebê.

5 exercícios com bola de Pilates para gestantes 

1. Círculos de quadril

Sente-se na bola com as costas retas e as pernas ligeiramente abertas para se equilibrar. Quando estiver estável, mova os quadris em movimentos circulares para um lado e depois para o outro. 

2. Figura 8

Sentada na bola, mova os quadris como se estivesse desenhando um número oito. Este é um bom exercício para aliviar a dor lombar e também ajuda a mover a cabeça do bebê para a região pélvica.

3. Quadris lado a lado

Sente-se na bola voltada para frente e mova os quadris de um lado para o outro. Esse exercício é excelente para aliviar as tensões nas laterais do corpo. Para alongamento extra, incline o braço sobre a cabeça enquanto se movimenta.

4. Alongamento 

Na posição ajoelhada,  inclina-se sobre a bola e descanse a cabeça e os ombros. A seguir, faça movimentos circulares com os quadris. Você sentirá a liberação na parte inferior e superior das costas, bem como nos ligamentos ao redor da área da barriga. 

Dica: use um tapete para amortecer os joelhos.

5. Inclinações pélvicas

Também na posição ajoelhada com os braços abraçando a bola, tente balançar suavemente a pélvis para frente e para trás. Com esse movimento, você alivia os desconfortos e também ajuda o bebê a se posicionar.

Cuidados com a escolha da bola de Pilates

É bom que você saiba que nem todas as bolas de Pilates são iguais, elas possuem tamanhos diferentes e devem ser adquiridas de acordo com sua altura.

Quando você sentar na bola, seus quadris devem estar sempre cerca de 10 centímetros acima dos joelhos. Exemplo: se você tiver até 1,65 cm, uma bola de 55 cm é recomendada, por exemplo. 

No mais, certifique-se também de comprar a bola que venha com o recurso “antiestouro“.

Gostou de saber mais sobre os exercícios com bola de Pilates para gestantes? Então, continue seguindo nosso blog, temos sempre novidades para a sua saúde por aqui. 

Anterior

Porfiria Aguda Intermitente: o que é essa doença?

Especialidades médicas: II CAEM capacita e incentiva estudantes

Próximo

Deixe um comentário