Ir ao médico não costuma ser uma tarefa muito agradável para as crianças. E quando isso envolve tirar sangue, tudo fica ainda mais complicado. Mas não é porque a situação é um pouco incômoda que você não pode tornar a experiência mais interessante para a criança.

O estudo de Pediatria conhece algumas técnicas simples que conseguem minimizar o desconforto do exame físico pediátrico e evitar que o bebê fique muito nervoso nas próximas vezes em que for visitar você. Continue lendo o texto e entenda como fazer o procedimento sem problemas. Confira!

Converse com a criança

Realizar um exame físico pediátrico completo é muito importante para avaliar o desenvolvimento da criança e se certificar de que ela está crescendo de maneira saudável. Para tornar essa experiência menos tensa, não deixe de conversar com ela e explicar tudo o que está acontecendo.

Não deixe de explicá-la e não minta para ela. Isso deixa a criança ainda mais nervosa e pode fazer com que ela perca a confiança em você. Mesmo que seja bem pequena, diga o que está sendo feito e explique a importância de realizar o procedimento.

Procure usar uma linguagem amigável e encorajadora. Diga como ela está indo bem, mencione um personagem pelo qual ela pareça se interessar e deixe claro que você está muito orgulhoso ou orgulhosa do desempenho dela. Conversar com o paciente é sempre muito importante e isso certamente vai facilitar o processo.

Aposte em brinquedos para distrair as crianças durante o exame físico pediátrico

Crianças geralmente não conseguem ficar muito tempo paradas em um mesmo lugar. Tanto na sala de espera quanto no consultório, é válido investir em brinquedos e decorações que possam atrair sua atenção.

Assim, elas não vão ficar tão agitadas enquanto esperam e estarão mais tranquilas quando a consulta começar. Além disso, brinquedos são ótimos recursos para distraí-las enquanto você faz os procedimentos necessários.

Por isso, crie espaços com música, livros e brinquedos. Dessa forma, você consegue alcançar as diversas faixas etárias. E não se esqueça de cuidar da higiene desses itens, é claro!

Respeite as lágrimas dos pequenos

É comum que os pequenos chorem quando se sentem assustados, ansiosos ou com dor. Por isso, durante o exame, é bem provável que eles derramem algumas lágrimas. Especialmente quando for realizada a coleta de sangue.

Respeite esse momento da criança. Seja atencioso e carinhoso na hora de falar com ela e procure proporcionar conforto. Chame os pais para ficarem bem próximos. Uma boa dica é oferecer um bicho de pelúcia ou boneca para que ela possa segurar e se sentir mais confiante.

Uma recompensa, como um pequeno brinde ou guloseima, também pode funcionar. Após o exame, não deixe de elogiar a criança e converse com ela para que veja que tudo correu bem e o procedimento já acabou.

Realizar um exame físico pediátrico não precisa ser uma experiência traumática para o pequeno e sua família. Aproveite a faculdade para tirar dúvidas com seus professores de pediatria e aprender macetes valiosos que vão ajudar você a realizar um exame pediátrico de maneira rápida, eficiente e sem traumas.

Pronto para atender seus pacientes pediátricos? Continue com a gente e saiba como estudar pediatria.