A área da odontologia acompanha a passos largos a evolução da tecnologia implementada para tratamentos voltados para a saúde bucal, implementando procedimentos que evitam que a dor de dente seja um problema para os pacientes.

Os profissionais se especializam em diferentes áreas para uma consulta personalizada, de modo a estarem preparados para identificar os sintomas e aplicar o tratamento correto. 

Quais são as principais causas de dor de dente?

A arcada dentária passa por diferentes estágios ao longo da vida. Os bebês sentem dores quando os primeiros dentes de leite começam a nascer e atravessar a gengiva. Adultos podem sentir dores por uma série de fatores que estão relacionados aos hábitos e rotina alimentar.

Os idosos podem sofrer diferentes sintomas que provocam uma dor de dente, como o uso de um implante dentário ou por falta de uma escovação adequada. 

Durante uma visita ao consultório dentário, o dentista verifica desde a higienização bucal, para identificar excesso de placa bacteriana e tártaro, até as cáries que se instalam na polpa do dente. 

Há outras patologias que podem provocar dor no dente ou sangramento da gengiva, como podemos ver a seguir.

Cáries

A cárie pode ser causada em diferentes situações, como por conta da baixa imunidade e má alimentação, além da falta de higienização adequada e o consumo excessivo de doces, sempre provocando dor e desconforto

Sem uma escovação apropriada, bactérias se acumulam formando a famosa cárie, atingindo uma camada sob o esmalte denominada dentina.

Em casos graves, o corpo humano apresenta sinais de que algo está errado, como febre, dor de cabeça, inchaços na região das orelhas, e uma dor intensa que atrapalha a rotina escolar ou profissional e até mesmo o sono.

Esses sintomas revelam a necessidade de uma ajuda profissional, pois a inflamação provocada pela cárie pode atingir toda a boca e o rosto, exigindo a extração de dente, levando em consideração que as bactérias atingiram a polpa do dente, com necessidade de tratamento do canal.

Acessórios para correção (aparelho dentário)

O uso de chupeta durante a infância pode provocar a locomoção dos dentes superiores e causar problemas de dicção ou mesmo para a alimentação. Dores de dente podem ocorrer a partir dessa movimentação forçada.

Para consertar a posição dos dentes, os dentistas recomendam o uso do aparelho ortodôntico a partir da adolescência, o que também pode causar dores e desconforto por todo o tempo de tratamento. 

Os aparelhos são apertados em consultas periódicas, provocando uma dor durante o ajuste que interfere em toda a arcada dentária. Caso as dores não cessem, é preciso uma intervenção profissional para verificar o que há de errado.

Dentes desgastados ou quebrados

A insistência em abrir uma garrafa com os dentes ou comer alimentos duros, como amêndoas, amendoins e outros produtos que forçam a dentição, podem causar uma fissura ou mesmo a quebra de um dente e, consequentemente, acarretar em uma dor constante.

Nesse caso, é preciso procurar um profissional de odontologia especializado para fazer um implante dentário e substituir o dente quebrado por uma peça de porcelana, aliviando, assim, a dor. Esse material se aproxima da aparência natural, inclusive quanto à cor dos dentes.

Se a dor insistir, é preciso verificar se o dente quebrado foi removido de forma total ou se o tratamento do canal atingiu a raiz de maneira correta. 

Ajustes dentários pela estética

O charme de um sorriso pode ser uma característica pessoal que chama a atenção das pessoas. Ainda assim, uma pequena imperfeição pode incomodar.

Nesses casos, a correção, mesmo na fase adulta da vida, e a odontologia pode se tornar uma grande aliada na ajuda com a aplicação de um aparelho transparente ortodôntico.

Como na adolescência, o ajuste pode causar algum desconforto ou dor por um breve momento, que pode ser amenizado com o uso de remédios indicados pelo dentista.

Bruxismo causado por estresse do corpo

É preciso levar em consideração que a dor no corpo sempre é sinal de que algo está errado e precisa ser ajustado. 

Se a saúde bucal está em dia e a dor aparecer sem qualquer aviso, é preciso buscar a ajuda de um profissional o quanto antes, pois pode ser bruxismo

Sua principal característica é o ranger de dentes que ocorre durante o sono e pode ser causado por estresse.

A automedicação nunca é recomendada, portanto, até chegar a uma clínica odontológica, o mais indicado é não esperar a dor se intensificar e marcar uma consulta o quanto antes. 

Muitas vezes, um alimento que ficou preso entre os dentes de difícil acesso, pode ter provocado uma inflamação local.

Nunca hesite em procurar um profissional!

Se uma pessoa está sentindo um desconforto ou está com maior sensibilidade na região da boca, nas gengivas ou nos dentes, é indicada a busca pela ajuda profissional o mais rapidamente possível.

Isso porque a dor de dente pode se intensificar e atingir partes da cabeça e até mesmo inviabilizar a alimentação.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.