Início>Cuidados com a saúde>Prevenção>Conheça as principais doenças cardiovasculares e como evitá-las

Conheça as principais doenças cardiovasculares e como evitá-las

Por |2020-10-07T16:15:50-03:0026/12/2017|Cuidados com a saúde, Prevenção|0 Comentários

É inevitável! Com o passar dos anos, nossa saúde se torna mais frágil. O coração e o sistema circulatório são especialmente sensíveis aos efeitos do tempo e dos hábitos de vida e, por isso, estão sujeitos a diversas enfermidades. As principais doenças cardiovasculares são a insuficiência cardíaca, o infarto do miocárdio e a aterosclerose.

Então, quer saber mais sobre como prevenir as doenças cardiovasculares? Continue lendo o nosso post!

Quais são os fatores de risco para as principais doenças cardiovasculares?

Todo mundo envelhece, mas nem todos têm a mesma chance de desenvolver problemas cardiovasculares. Há muitos fatores que elevam o risco de apresentar doenças que comprometem o funcionamento do coração ou a circulação:

  • histórico familiar de doenças cardiovasculares;
  • diabetes;
  • hipertensão arterial;
  • colesterol alto;
  • maus hábitos alimentares;
  • estresse;
  • sobrepeso ou obesidade;
  • sedentarismo;
  • consumo excessivo de álcool;
  • tabagismo.

Como evitar as doenças cardiovasculares?

Para prevenir doenças cardiovasculares, é preciso adotar hábitos de vida saudáveis e abandonar, de uma vez por todas, práticas nocivas à saúde. Confira algumas dicas que deixarão seu coração e seus vasos sanguíneos menos suscetíveis a problemas.

Não fumar

O cigarro contém diversas substâncias químicas que afetam a saúde cardiovascular. Algumas delas facilitam a formação de placas de gordura e coágulos nos vasos sanguíneos. O estreitamento de veias e artérias faz o coração trabalhar mais para empurrar o sangue pelo corpo.

Além disso, podem ocorrer bloqueios na passagem do sangue. O infarto acontece justamente por conta desse tipo de obstrução, quando ela acontece em uma das artérias que irrigam o coração. Por isso, fumantes apresentam um risco mais elevado de sofrer um ataque cardíaco.

Reduzir a ingestão de álcool

O álcool pode ser, ao mesmo tempo, vilão e mocinho quando falamos do desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Tudo depende de dose. Enquanto beber moderadamente causa efeitos favoráveis em pessoas sadias, o consumo excessivo de álcool aumenta a probabilidade do desenvolvimento de insuficiência cardíaca e da ocorrência de infarto.

Controlar o peso

O excesso de peso é um fator de risco para diversos problemas de saúde. Para evitá-lo, é importante adotar uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos regularmente. Uma dica importante é evitar o consumo abusivo de alimentos ricos em sal ou gorduras, já que eles promovem o aumento da pressão arterial e dos níveis de colesterol no sangue.

Moderar o consumo de açúcar

A ingestão excessiva de açúcar afeta o metabolismo de gorduras, promovendo o aumento dos níveis de triglicerídeos e a diminuição do colesterol HDL (o “bom colesterol”). Além disso, uma dieta rica em doces também eleva o risco de desenvolver hipertensão. Tudo isso, em conjunto, deixa a pessoa com a saúde cardiovascular mais fragilizada.

Realizar acompanhamento médico periódico

Por meio de exames e consultas de rotina, o médico é capaz de identificar precocemente distúrbios que indicam que a saúde cardiovascular não vai bem. Com isso, é possível começar um tratamento antes que seja tarde demais.

Por que é tão importante adotar hábitos de vida saudáveis?

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo: são aproximadamente 17 milhões por ano. A maior parte desses óbitos poderia ser evitada com a mudança de hábitos de vida.

Mas não é só a saúde cardiovascular que se beneficia com a adoção de práticas saudáveis. Veja outros problemas que podem ser prevenidos com alterações no estilo de vida:

  • câncer;
  • distúrbios psicológicos;
  • acidentes;
  • diabetes;
  • problemas respiratórios.

Assim, podemos concluir que as principais doenças cardiovasculares e muitos outros problemas de saúde podem ser prevenidos. Para isso, é necessário evitar comportamentos prejudiciais e adotar hábitos de vida saudáveis, garantindo a longevidade com qualidade.

Se você gostou deste post e quer receber sempre novas dicas para levar uma vida com mais saúde e bem-estar, assine a nossa newsletter!

Deixar Um Comentário