Início>Cuidados com a saúde, Prevenção, Qualidade de Vida>Hipertensão: Saiba como evitar a pressão alta

Hipertensão: Saiba como evitar a pressão alta

A hipertensão, popularmente conhecida como pressão alta, atinge uma a cada cinco pessoas e, quando não tratada corretamente, pode causar infarto, derrame cerebral e paralisação dos rins. Mas como prevenir é sempre o melhor remédio, vale a pena dar uma olhada neste artigo com dicas de como evitar a pressão alta.

Acompanhe e boa leitura! 

O que é a pressão alta? 

Para entender a doença, é preciso, antes de tudo, entender o seu mecanismo. E a explicação começa pelo funcionamento do coração, que bombeia o sangue por meio das artérias. Esse movimento de bombeamento é composto pela contração (momento em que é medida a pressão sistólica) e pelo relaxamento do coração (pressão diastólica).

A pressão sistólica é representada pelo número maior no visor do medidor de pressão e a pressão diastólica é representada pelo número menor. Então, se a pressão sistólica ultrapassar 140 mmHg e a diastólica ultrapassar 90 mmHg, o coração  acaba se esforçando mais para que o sangue chegue até todo o corpo: é quando começa a se configurar o quadro de pressão alta. 

A hipertensão costuma surgir com o aumento da idade ou de acordo com as causas relacionadas. E com o tempo, o aumento dessa pressão sanguínea danifica os vasos do corpo todo, fazendo com que não só o coração seja afetado, mas também os rins (que passam a funcionar com dificuldade), os olhos (trazendo problemas de visão) e o cérebro. 

Quais são as causas da pressão alta?

Para entender melhor como evitar a pressão alta, é preciso saber o que causa essa doença. Apesar da hipertensão aparecer, na maioria dos casos, com o avanço da idade, isso não significa que ela não possa surgir em pessoas mais jovens. Existem algumas causas que podem favorecer o desenvolvimento dessa doença, como o fator genético. Outras causas podem ser:

  • estresse;
  • tabagismo;
  • sedentarismo;
  • hipertireoidismo;
  • colesterol elevado;
  • consumo de álcool;
  • consumo de sal em excesso;
  • uso constante de alguns medicamentos como anti-inflamatórios.

Quais são os sintomas da hipertensão?

É comum ouvir por aí que a hipertensão é uma doença silenciosa. Ela é caracterizada assim porque, na maioria das vezes, ela surge com sintomas de um mal-estar que fazem com que o paciente não se dê conta de que pode realmente estar com problemas com a pressão arterial. Por isso a pressão alta é tão perigosa. Alguns desses sintomas são:

  • tontura;
  • fraqueza;
  • visão embaçada; 
  • sangramento nasal; 
  • zumbido no ouvido; e
  • dores de cabeça e no peito.

Como prevenir a hipertensão?

A pressão alta pode ser causada e agravada por hábitos de vida inadequados, como a ingestão excessiva de sal ou de bebidas alcoólicas, obesidade e sedentarismo, como citamos anteriormente. Assim, se você quer saber como evitar a pressão alta, pode começar com um estilo de vida mais saudável, praticando exercícios físicos regularmente, por exemplo. Assim como:

  • manter uma alimentação saudável;
  • evitar o consumo de álcool e cigarros;
  • controlar doenças como a diabetes e o hipertireoidismo; e
  • diminuir o estresse (os exercícios ajudam muito nessa parte).

Já nos casos em que a hipertensão já tiver sido diagnosticada, é recomendado que os cuidados citados acima sejam redobrados e mais exigentes. Para entender melhor como evitar a pressão alta, basta:

Manter uma alimentação saudável

O ideal aqui é não abusar do sal ou de temperos industrializados com alto índice de sódio na composição, pois o sal faz o corpo reter mais líquido, o que faz a pressão subir. Evitar também alimentos gordurosos, frituras, doces, muito salgados, além dos embutidos e processados.

Uma dieta rica em fibras, frutas e legumes podem ajudar a manter um peso adequado. Além de diminuir a gordura do corpo, também é importante a redução do tamanho da circunferência do abdômen, cujo tamanho ideal é de 88 cm na mulher e 102 cm no homem.

Os alimentos com potássio e magnésio estão associados a um melhor controle da pressão, pois são importantes para o metabolismo.

Evitar o consumo de álcool e cigarro

As bebidas alcoólicas possuem etanol, uma substância tóxica que lesa órgãos como o cérebro, o coração, o fígado e o pâncreas. A hipertensão tem o dobro de chances de ocorrer em consumidores excessivos, já que o consumo contínuo de álcool faz com que a pressão arterial fique propensa a subir.

Além disso, seu consumo pode anular, em muitos casos, os efeitos dos remédios controladores de hipertensão, assim como o uso do cigarro. Este, por sua vez, não está relacionado diretamente com o aumento da pressão arterial.

Controlar doenças como a diabetes e o hipertireoidismo

A relação da diabetes com a hipertensão é que portadores dessa doença têm maior probabilidade de desenvolver hipertensão, já que as causas e complicações são semelhantes. 

Da mesma forma, a hipertensão aumenta as chances do surgimento da diabetes, assim como alguns medicamentos para a pressão alta que agravam o quadro dos diabéticos.

Já a relação com o hipertireoidismo, vem com o fato de que doenças da tireoide são mais comuns em diabéticos e as disfunções dos hormônios tireoidianos podem afetar o controle das glicemias e vice-versa.

Diminuir o estresse

Sabemos que é difícil diminuir o estresse quando nossa rotina está longe de ser tranquila, mas existem alguns hábitos que podem ser adotados para ajudar nesse quesito. Começando por aproveitar os momentos de lazer e descanso.

A prática de atividades físicas também influenciam muito, não só para diminuir o estresse, como para ajudar a manter um peso adequado. Uma simples caminhada de 20 minutos, de três a cinco vezes por semana já faz uma grande diferença.

A importância do controle constante da pressão arterial

A hipertensão é uma doença que não tem cura, mas pode ser controlada. Com a orientação de um profissional da saúde, o tratamento é feito a partir de medicamentos combinados com os hábitos saudáveis listamos acima. 

Além disso, é importante começar agora mesmo a fazer o monitoramento constante da pressão arterial. Isso impede que você seja pego desprevenido e que se tome as providências necessárias ao notar um aumento da pressão. 

E a melhor maneira de monitorar a pressão arterial é poder contar com um bom aparelho digital em casa e também seguir nossas dicas sobre o assunto no link Como fazer controle da pressão arterial?

Gostou do artigo? Já sabe como prevenir a hipertensão? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a cuidarem melhor da saúde.

Deixar Um Comentário