Início>Cuidados com a saúde, Prevenção, Qualidade de Vida>Check up médico: qual a importância e quando fazer?

Check up médico: qual a importância e quando fazer?

Você, certamente, já sabe da importância de adotar uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas. Entretanto, para manter a saúde em dia, é preciso fazer mais. Devemos incluir em nossa lista de cuidados o check up médico periódico. Ele é extremamente importante para detectar doenças precocemente e evitar que diversas patologias se tornem mais graves no futuro.

E não importa a idade. Consultas de rotina e exames preventivos são importantes em qualquer fase da vida. Continue lendo o nosso post para saber mais sobre esse assunto.

Acompanhamento do desenvolvimento de crianças

Exames de rotina começam ainda na maternidade, com a realização do teste do pezinho e a audiometria (“teste da orelhinha”). Nos primeiros seis meses de vida, os bebês devem ir ao pediatra mensalmente. A regularidade das visitas é importante para o acompanhamento do crescimento da criança, bem como para que o médico oriente sobre as vacinas e a alimentação.

Conforme ela cresce, as visitas ficam mais espaçadas, e outros profissionais de saúde devem ser consultados. É importante que as idas ao dentista se iniciem no primeiro ano de vida, mesmo que os dentes ainda não tenham surgido.

Em geral, os exames de sangue e urina são solicitados apenas a partir dos 5 anos, caso os exames clínicos não apresentem alterações antes dessa idade. A aferição da pressão arterial, um teste rápido e indolor, também deve ser realizada periodicamente.

Check up médico em adolescentes

Muitas doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, podem ter início na adolescência. Nessa fase, é preciso identificar os fatores de risco a que os jovens estão expostos para diminuir as complicações na vida adulta.

Assim, as consultas de rotina em adolescentes visam, principalmente, avaliar o histórico familiar e os hábitos de vida. Caso sejam identificados problemas, é possível propor alterações na alimentação, na rotina de exercícios físicos e em outras práticas, de forma a prevenir doenças no futuro.

As avaliações periódicas na adolescência são importantes, também, para a atualização do calendário de vacinas e para a discussão sobre as doenças sexualmente transmissíveis.

Monitoramento da saúde em adultos

A periodicidade das consultas e exames de rotina em adultos varia de acordo com o estado de saúde geral do indivíduo. Assim, enquanto os portadores de doenças crônicas devem ser avaliados a cada seis meses, adultos jovens saudáveis podem dar intervalos de até dois anos entre os check ups.

Além da avaliação clínica, homens e mulheres devem passar por uma bateria de testes, incluindo exames de sangue e urina, eletrocardiograma e análise oftalmológica. Outros exames podem ser solicitados em casos especiais, como histórico de doenças crônicas na família ou tabagismo.

As mulheres devem realizar periodicamente o Papanicolau, também conhecido como “preventivo”, de forma a detectar precocemente doenças do aparelho reprodutor. É nessa fase da vida que a mamografia deve ser incluída na lista de exames de rotina. Afinal, essa é uma ferramenta muito poderosa para detecção precoce do câncer de mama.

Em homens, o toque retal e a dosagem do PSA são indicados para avaliar a próstata. Se houver histórico familiar de câncer, os exames devem ser realizados anualmente a partir dos 40 anos. Caso contrário, o monitoramento do órgão pode começar aos 50 anos.

Prevenção e acompanhamento de doenças em idosos

A lista de exames preventivos torna-se mais extensa na terceira idade. Como o risco de quedas é mais elevado em idosos, é importante realizar a densitometria óssea periodicamente. Serve para a avaliar a fragilidade dos ossos, tanto em homens quanto em mulheres.

Outros exames importantes para a detecção de doenças em estágios iniciais são a colonoscopia (exame de imagem do reto e do cólon) e a radiografia do tórax (para detecção de nódulos e infecções). O teste ergométrico também deve ser considerado para avaliação da saúde cardiovascular.

Viu só? O check up médico é indicado para todas as idades. As análises clínicas e os exames solicitados são diferentes de acordo com a faixa etária, porém sempre com um objetivo comum: garantir a saúde do paciente.

Este conteúdo foi esclarecedor? Deixe o seu comentário no espaço abaixo! Nós vamos adorar ouvir você.

Deixar Um Comentário