Início>Cuidados com a saúde>Prevenção>Você sabe como prevenir e tratar a bronquiolite do seu bebê?

Você sabe como prevenir e tratar a bronquiolite do seu bebê?

Por |2019-12-19T13:55:05-03:0005/07/2019|Prevenção|0 Comentários

Se tem uma doença respiratória que tira o sono dos pais de bebês, principalmente nos dias mais frios e de baixa umidade do ar, é a terrível bronquiolite. Estima-se que, até os 3 anos, 90% das crianças terão entrado em contato com o vírus sincicial respiratório (VSR), o maior causador da doença.

A infecção pode trazer complicações se não for diagnosticada e tratada da maneira correta. Por isso, é tão importante que os pais se informem e conversem com seu pediatra sobre doenças respiratórias na infância, em especial a bronquiolite.

E, para te ajudar a cuidar dos pequenos com mais segurança, nós da Maconequi elaboramos esse texto com informações importantes sobre a bronquiolite. Acompanhe e boa leitura!

O que é a bronquiolite?

A bronquiolite é uma inflamação dos bronquíolos (ramificações dos brônquios que levam oxigênio aos pulmões), muito comum nos meses de baixas temperaturas e de baixa umidade do ar.

Em geral, ela é causada pelo vírus sincicial respiratório (VSR), e ataca bebês e crianças de até 2 anos. Nessa idade, o sistema respiratório ainda não está maduro o suficiente e não é capaz de combater direito o vírus.

Além do VSR, o adenovírus, o rinovírus e o metapneumovírus também são causadores da doença, que é uma das principais causas de internação entre crianças que ainda mamam.

A principal forma de contaminação é por meio de secreções respiratórias ou por contato. Por isso, crianças que passam o dia em locais fechados com outras pessoas — como em creches — estão mais suscetíveis a contrair a bronquiolite.

No mais, deve-se ter cuidado redobrado com prematuros e bebês com menos de seis semanas de vida ou com doenças crônicas pulmonares ou cardíacas, bem como aqueles com deficiências imunológicas.

Se o tratamento da bronquiolite não for feito corretamente, ela pode provocar desidratação, insuficiência respiratória e evoluir para pneumonia.

Quais são os sintomas da bronquiolite?

Os sintomas iniciais são bem parecidos com os da gripe:

  • febre, não necessariamente alta;
  • tosse seca, sobretudo na hora de dormir; e
  • nariz escorrendo.

No terceiro e quarto dias, acontece o pico da doença, quando o estado geral dos pequenos pode piorar e é comum ocorrer falta de ar e chiado no peito.

Assim, diante desses sinais, procure imediatamente o pediatra, pois somente o exame físico, somado a testes complementares como raio x do tórax, confirma o diagnóstico.

E lembre-se: quanto mais nova for a criança, maiores são os riscos de um agravamento da infecção.

Como tratar a bronquiolite?

Nos casos leves, você pode tratar seu bebê em casa com os seguintes cuidados básicos, além do controle da febre:

Hidratação

Com a bronquiolite existe um aumento de perda de água, devido ao aumento da frequência respiratória e da febre. Assim, pode ocorrer a desidratação do seu bebê, o que acaba piorando ainda mais o quadro respiratório.

Por isso ofereça mais água e líquidos em geral para o seu pequeno. E se o bebê mama no peito, amamente com mais frequência.

Inalação

A inalação com soro fisiológico é fundamental no tratamento da bronquiolite. Ela deve ser usada para umidificar as vias aéreas e ajudar a eliminar as secreções. Quanto mais vezes fizer melhor.

No entanto, para que a inalação realmente funcione, você precisa ter um inalador de qualidade e próprio para seu bebê. Para te ajudar a escolher o melhor aparelho de inalação, confira o nosso artigo “Como escolher o melhor inalador para o seu bebê” ou confira em nossos site alguns dos nossos modelos de nebulizadores perfeitos para bebês e crianças:

  • Nebdog, em forma de cachorrinho e que mais parece um brinquedo, além de extremamente prático;
  • Bambini Sanvita, também com aparência atraente para os pequenos, mas em forma de macaco;
  • Respiramax, que além de silencioso possibilita fazer a inalação com a criança deitada.

No entanto, se mesmo com todos os cuidados e carinhos a doença se agravar, a internação pode ser necessária para que o bebê receba hidratação por via venosa, oxigenoterapia (aplicação médica de oxigênio) e fisioterapia respiratória (exercícios que ajudam a eliminar secreções).  

Como prevenir a bronquiolite?

Você pode tomar algumas medidas simples para ajudar na prevenção da doença:

  • evite levar seu bebê para locais com aglomerações e contato próximo com crianças doentes;
  • priorize a estada do pequeno em ambientes bem ventilados;
  • lave sempre as mãos dele e também as suas; e
  • mantenha em dia a carteira de vacinação, para que não haja qualquer outra infecção que complique o quadro de bronquiolite.

A saúde do seu bebê é coisa séria, por isso conte com a Maconequi

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a bronquiolite, aproveite para comprar na Maconequi o aparelho de inalação perfeito para o seu bebê. Só aqui você encontra a segurança e a tradição de quem trabalha há 42 anos vendendo produtos de alta qualidade e é a maior e melhor loja online de produtos para saúde do país.

Conheça os diversos modelos de inaladores/nebulizadores disponíveis em nosso site e faça sua escolha de forma segura e tranquila. Entregamos para todo o Brasil!

Deixar Um Comentário