Confira 12 benefícios de beber água de forma correta!

| |

Você já deve ter ouvido falar que a água é um dos elementos principais para a manutenção da vida e que há diversos benefícios de beber água. O próprio corpo humano é composto por 70% do líquido rico em sais minerais. Por isso, para uma boa saúde é sempre importante repor a substância no organismo.

No entanto, os exageros podem atrapalhar o funcionamento ideal dos sistemas vitais. O segredo é beber água com regularidade, sem esperar que o corpo sinta sede, porém sem exagerar, ao ponto de se sentir enjoado pelo líquido.

Hoje, vamos te explicar por que é importante manter o equilíbrio da hidratação e quais os 12 benefícios de beber água. Para isso, é só continuar a leitura desse artigo.

Quais são os 12 benefícios de beber água de forma correta?

Quando o paciente ingere a porcentagem de água certa e com regularidade, para seu próprio organismo, os benefícios garantidos são:

  1. Regular a temperatura corporal;
  2. Combater a prisão de ventre;
  3. Combater acne, estrias e celulite;
  4. Melhorar o funcionamento dos rins;
  5. Prevenir o aparecimento de pedras nos rins;
  6. Facilitar a digestão;
  7. Sensação de saciedade;
  8. Prevenção de doenças no geral;
  9. Diminuir o inchaço;
  10. Melhorar a circulação sanguínea;
  11. Ajudar a emagrecer;
  12. Lubrificar articulações;

Para garantir o efeito positivo da digestão da água é necessário tomar o fluido na íntegra e não substituir por sucos, refrigerantes, refrescos, ou frutas aquosas.

Quais são as finalidades da água no corpo humano?

Diversas reações químicas, funções de órgãos e sistemas precisam da água para um funcionamento eficiente. A ausência do fluido pode gerar danos que, em longo prazo, se tornam irreversíveis.

O cérebro, por exemplo, é 90% formado por água. Quando o órgão não recebe o líquido pode provocar dores na cabeça, tontura e visão turva ou escurecida, em longo prazo, a ausência da água pode gerar um caso de enxaqueca crônica.

Em geral, as funções que precisam da água são:

  • Transportar nutrientes e oxigênio através das células;
  • Regular a temperatura do corpo;
  • Proteger nossos órgãos vitais e os ajudar a absorver melhor os nutrientes;
  • Ajudar nosso metabolismo;
  • Proteger e hidratar nossas articulações e células; e
  • Auxiliar na liberação das toxinas filtradas pelo rim.

Qual é a quantidade ideal de água para cada pessoa?

A água é considerada o solvente universal. A quantidade que cada pessoa deve beber o líquido vital varia, de acordo com o organismo.

Por outro lado, existe a “regra do 8×8” que aconselha a ingestão de, no mínimo, oito copos de 240ml de água diários. Ao todo, são 2 litros ingeridos por dia.

Já o Doutor Dráuzio Varella acredita que a quantidade deve ser calculada a partir da frequência de atividades físicas praticadas pelo paciente e a temperatura ambiente.

Quem se exercita todos os dias vai precisar de mais água, comparado a pessoa que não faz atividades físicas. Dessa maneira, durante o verão, o consumo do líquido deve ser maior do que no inverno.

O peso, a dieta, o metabolismo e o consumo de álcool também podem variar a necessidade de água pelo paciente.

A urina, portanto, é o melhor medidor de hidratação. Segundo o médico, o ideal é sempre manter ela em um amarelo claro. Observar o cheiro e quantas vezes o paciente vai ao banheiro também ajuda a descobrir o quanto de água deve ser bebida.

Existem organismos que 2 litros são o essencial, e outros corpos que o necessário são 2 litros e 500, como as pessoas com cálculo renal, por exemplo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), por sua vez, recomenda o consumo diário de água de 2,5 litros para um homem, de 70 kg e 2,2 litros para uma mulher de 58 kg.

Para saber exatamente quantos litros de água você precisa tomar, também é possível fazer o cálculo de 35 ml por quilo. Ou seja, multiplique seu peso por 35 e veja quantos litros é o ideal para você. Ex: uma pessoa de 50kg x 35 ml de água = 1 litro e 700 ml de água é o suficiente.

Por que beber água em excesso faz mal?

Apesar dos inúmeros benefícios de beber água, do líquido ser indispensável para vida e a frase “água nunca é demais” fazer sentido, ainda é necessário ficar atento ao efeito reverso do excesso de água no metabolismo.

Quando o fluido está em porcentagem elevada dentro do corpo, pode acontecer da água provocar o desequilíbrio dos eletrólitos do sangue, principalmente o sódio.

Os eletrólitos são minerais que carregam uma carga elétrica, que ajudam a regular as funções dos nervos e músculos. O efeito negativo da água, devido ao exagero na hora da ingestão, é chamado de hiponatremia, ou como “intoxicação por água”.

Dores de cabeça, fadiga, náusea, vômito, desorientação mental e até parada cardíaca são alguns dos sintomas provocados pela intoxicação por água.

A hiponatremia ocorre quando os rins, que controlam a quantidade de água, sais e outras substâncias no organismo, não conseguem completar a filtragem e “encharcam” o sangue.

A água, por sua vez, é atraída para regiões onde a concentração de sais é maior e o líquido acaba entrando nas células.

Confira 4 dicas para beber mais água

Os problemas pelo excesso de água existem, porém, é mais comum encontrar pessoas com baixa ingestão do líquido. Existem algumas dicas que podem ajudar o paciente a se lembrar de beber água, sem que seja sede.

1. Aposte em aplicativos

Existem aplicativos que além de despertar um alarme, indicando a hora de tomar mais um copo do fluido, também ajudam a contar quantos ml já foram ingeridos e quantos faltam para fechar o litro mínimo do dia.

2. Mantenha a garrafinha de água sempre cheia

Deixar uma garrafinha de consumo individual próximo de você, ou cheio na geladeira também facilita na hora de beber água.

3. Defina uma hora específica para beber água sempre

Se acostumar a ingerir o líquido em horas específicas como depois de acordar, antes das refeições, antes de sair de casa e na hora de dormir também são ótimas dicas.

4. Se recompense em cada x ml de água ingeridos

Trabalhe com o método de recompensa. A cada X ml de água ingerido, se presenteie com ações que te façam feliz, como assistir mais um episódio de série, uma bala, mais 30 minutos de descanso, etc. Aos poucos você adquire o hábito de se hidratar.

E aí, gostou do post sobre os benefícios de beber água e das dicas que demos? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

 

Anterior

Embolia pulmonar: sintomas, causas e tratamentos

II SIBLAMI apresenta a especialização de Terapia Intensiva para todo o Brasil

Próximo

Deixe um comentário